Tamanho do texto

Mostramos todos os objetivos e lançamentos das dez principais marcas do País para 2019. Acompanhe a lista e o balanço de 2018

Metas de ano novo: uma história de amor e ódio. Se você é dos que colocam todos os seus objetivos na ponta do lápis, sempre aparecem surpresas e decepções ao fim do período. Alguns sites até oferecem tutoriais de disciplina para alcançá-los com mais facilidade, evitando frustrações que sempre aparecem. Se os executivos das 10 principais fabricantes do mercado automotivo fossem à praia para pular sete ondas, o que pediriam?

LEIA MAIS: Desafio dos 10 anos: como eram os carros popularem em meados de 2009?

Como todos nós, as fabricantes também começam o ciclo com resoluções sobre o ano anterior e novos objetivos para o período que se inicia. Partindo deste conceito, a reportagem do iG Carros enumera os principais balanços, propósitos e lançamentos das dez marcas de automóveis mais vendidas do Brasil. Por questão de organização, começaremos a lista com as fabricantes de maior participação no mercado automotivo em 2018, conforme a Anfavea e seguindo em ordem decrescente. 

1 - Chevrolet: manter a liderança com o lançamento do novo Onix

undefined
Divulgação
Chevrolet Bolt EV chega no mercado automotivo ainda no começo do ano, para disputar com Leaf e Zoe

A Chevrolet mantém a liderança pelo quarto ano consecutivo no Brasil, com 17,6% de participação nas vendas de automóveis e comerciais leves em 2018. O produto mais importante, claro, continua sendo o compacto Onix. Em alguns meses, o modelo chegou a vender mais que o dobro de seu principal rival, o Hyundai HB20, encerrando mais um período de liderança. Com 210 mil emplacamentos e um valor médio de R$ 50 mil, o Onix faturou mais de R$ 10 bilhões para a GM.

O objetivo para 2019 é manter a liderança. Apesar dos números positivos em 2018, a GM viu a diferença cair para uma Volkswagen um tanto quanto afoita. Com isso, a Chevrolet já prepara uma nova geração de Onix e Prisma para o fim de 2019. Flagras comprovam que o compacto está quase pronto para ser lançado, com fôlego renovado para encarar os futuros rivais. Movimentações internas sugerem que a Chevrolet poderá manter a atual geração do Onix no mercado. Neste caso, aproveitaria os números de vendas de dois carros diferentes, tal como a Fiat com o Palio em meados de 2015 e a Volkswagen com o Gol alguns anos antes. Também é possível que o novo Tracker seja lançado no final do ano, ainda que a marca não tenha confirmado uma data.

Lançamentos para 2019: Bolt EV, Novo Onix, Prisma, Equinox Midnight, Novo Cruze

2 - Volkswagen: tornar-se a marca mais vendida do País

undefined
Divulgação
O VW T-Cross virá em uma categoria de volume no mercado automotivo. Chega às lojas ainda no primeiro semestre

Os últimos dois anos serviram para reconstruir a imagem da Volkswagen. Neste período, a marca trocou de presidente, realocou linhas de produção e colocou suas metas em projeto. Entre 2017 e 2018, vieram dois entre seus principais lançamentos na década: Polo e Virtus. Com o impulsionamento das vendas, a Volkswagen conseguiu superar a Fiat, retomando a segunda colocação com 14,9% de participação de mercado em 2019 e 368 mil veículos vendidos.

O ponto final da reestruturação da Volkswagen acontecerá em fevereiro, quando a marca finalmente lançar o T-Cross. O SUV virá com uma série de atrativos, como os motores 1.0 (128 cv) e 1.4 (150 cv), ambos turbinados e importados do Golf, com injeção direta de combustível e com a possibilidade de serem acoplados ao câmbio automático, de seis marchas. Bom também é que o volume do porta-malas, que pode variar entre 373 litros e 420 litros por conta do banco traseiro deslizante. Entre os opcionais, os destaques ficam por conta do teto solar panorâmico, do sistema de som de alta-fidelidade (300 watts) e do que faz o carro estacionar sozinho, precisando apenas usar os freios para controlar a velocidade. A Volkswagen já declarou publicamente que pretende retomar a liderança de mercado em 2020.

Lançamentos para 2019: Jetta GLi, Polo e Virtus GTS e T-Cross

3 - Fiat: iniciar a reestruturação para o futuro

undefined
Divulgação
A Fiat deverá reestilizar a Strada em 2019, acrescentando as características do Mobi no mercado automotivo

A marca italiana perdeu a segunda colocação para a Volkswagen em 2018. Seu único lançamento de expressão foi o sedã Cronos, um dos responsáveis pelos 13,1% de participação na categoria de automóveis e comerciais leves. Isso mostra que a Fiat começa 2019 com uma estrutura fragilizada, e os próximos lançamentos não deverão surgir por agora.

LEIA MAIS: Aceleramos o raro Fiat Coupé no Autódromo de Interlagos. Assista ao vídeo

Isso mostra que Toro, Fiorino e Strada vão continuar puxando as vendas da marca no Brasil. A Fiat é líder na categoria, com 142 emplacamentos totais de sua linha comercial e 38% de participação. As coisas devem melhorar para a marca em meados de 2020, quando o SUV conceitual apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo chegar às lojas. Vale dizer que a nossa lista separa Fiat e Jeep, uma vez que nem todas as concessionárias são conjuntas.

Lançamentos para 2019: Reestilização da Strada

4 - Ford: investir no segmento de utilitários

undefined
Divulgação
O SUV Territory esteve no Salão do Automóvel, em novembro último. Mas sua chegada ao Brasil ainda está em dúvida

Foi um ano difícil para a Ford, que tentará recuperar a terceira colocação no ranking de vendas em 2019. A marca amargou no quarto lugar com apenas 9,17% de participação no mercado brasileiro. Sua situação fica ainda mais delicada com o crescimento da Renault, que tentará a qualquer custo assumir um lugar entre as quatro grandes.

A estratégia é apostar em SUVs e picapes e enxugar os modelos que não vendem bem, como Focus e Fiesta. Ainda no começo do ano, teremos o lançamento do EcoSport sem estepe na traseira, item que já caiu em desuso há tempos. Além de deixá-lo menos exposto, a tampa do porta-malas ainda ganha um pouco mais de ângulo para abertura.

Ainda há a possibilidade da chegada do SUV Territory, importado da China. O modelo foi atração da marca durante o Salão do Automóvel, no São Paulo Expo, e tem chances de vir ao Brasil para preencher a lacuna que existe entre EcoSport e Edge. Se vier mesmo, serea rival direto de Jeep Compass, VW Tiguan e Peugeot 3008.

Lançamentos para 2019: EcoSport sem estepe na traseira e  Ranger Storm. O SUV Territory ainda é dúvida no Brasil

5 - Renault: assumir um lugar entre as quatro grandes

undefined
Reprodução/INPI
Traseira da versão renovado do Renault Sandero, conforme publicado no INPI. Chegará ao Brasil em 2019

A Renault fechou 2018 com recorde de participação no Brasil. A participação de mercado é de 8,7%, com ganho de um ponto percentual em relação a 2017. Entre os destaques comerciais da marca estão o Kwid, líder do segmento de entrada com 67.316 unidades emplacadas em 2018, o que representa 3,2% de participação de mercado, e o utilitário Master, líder de sua categoria pelo quinto ano consecutivo.

A estratégia será mais agressiva em 2019, com o lançamento das versões renovadas de Logan e Sandero, dois entre seus modelos de maior volume. Imagens dos carros acabaram vazando no site do INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) e revelam que as mudanças vão estar concentradas na frente, que receberá para-choques redesenhados (com novas entradas de ar) e novos detalhes nos faróis e lanternas entre as principais novidades. Se for bem sucedida, a Renault poderá assumir um lugar entre as quatro grandes do Brasil.

Lançamentos para 2019: Novos Sandero e Logan

6 - Hyundai: dar mais apelo ao HB20, em busca da liderança do segmento

undefined
Reprodução/Bobaedream
Um flagra do Hyundai HB20 sugere que o modelo está pronto para chegar ao mercado automotivo

A marca coreana colheu os frutos de um trabalho bem feito em 2018. O HB20 manteve sua colocação como o segundo carro mais vendido do Brasil, enquanto o Creta assumiu uma acirrada liderança na categoria dos SUVs compactos. A marca ostenta bons 8,3% de participação no mercado brasileiro, com 206 mil emplacamentos em 2018.

LEIA MAIS: Saiba quais são os 5 carros mais econômicos do Brasil até R$ 45 mil

Flagras recentes comprovam que o HB20 está para mudar. O hatch compacto terá traços do novo Elantra e deverá chegar ao mercado ainda no primeiro semestre de 2019. Junto dele, teremos alterações no sedã e crossover, com o HB20X assumindo uma roupagem de SUV. Será um esquema semelhante ao do WR-V, que não nega suas influências no Honda Fit. Por conta da pequena diferença em relação à Renault, a Hyundai também pode brigar por um espaço entre as quatro grandes.

Lançamentos para 2019: Nova família HB20 e, talvez, modelos importados como o Santa Fe

7 - Toyota: introduzir a inédita tecnologia híbrida flex no mercado

undefined
Divulgação
Toyota Corolla chega ao mercado automotivo no fim do ano, inclusive, na versão híbrida flex

Com 8,1% de participação e 200 mil emplacamentos em 2018, sabemos que a Toyota gosta de estar à frente da evolução da tecnologia híbrida no Brasil. O Prius mostrou que não é fogo de palha, vendendo mais que alguns hatches médios no ano passado. Este ano, temos a confirmação de que a Toyota irá investir definitivamente na versão flex. Com um Salão do Automóvel um tanto quanto tímido, a marca japonesa deixou que os chineses fizessem o show. Com isso, a nova geração do Corolla foi atração no Salão de Guangzhou (China). E setrá feito em Sorocaba (SP) a partir do segundo semestre, como chegada às lojas prevista para outubro. 

O Prius tem um papel fundamental na nova etapa do sedã. Uma versão híbrida do Corolla sempre esteve nos sonhos da marca, e o novo motor flex vem bem a calhar. Ainda este ano, também podemos ter novos detalhes sobre o tão aguardado SUV compacto da Toyota. Há a possibilidade da marca utilizar um modelo da Daihatsu para concorrer com HR-V, Renegade e Kicks, mas ainda não há qualquer confirmação.

Lançamentos para 2019: Novo Corolla, Prius flex e Yaris X-Way

8 - Honda: melhorar a competitividade do HR-V

undefined
Renato Maia/Falando de Carro
O novo Honda Accord é o único lançamento inédito da marca para 2019 no mercado automotivo.

Tal como o Cruzeiro de Mano Menezes, o principal objetivo da Honda é trabalhar o seu elenco já formado em 2018. A marca investiu na renovação do HR-V, ainda que tenha demorado muito para chegar. Talvez este tenha sido o motivo do SUV ter perdido a liderança para o Hyundai Creta, após três anos à frente de sua categoria. De qualquer forma, a marca ostenta 5,3% de participação no mercado brasileiro, com 131 mil emplacamentos.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que deveriam voltar ao Brasil 

A curto prazo, teremos o lançamento da versão Touring ainda no começo de 2019. O HR-V receberá o motor 1.5 turbo, do Honda Civic, para manter a competitividade e correr pela liderança. O sedã Accord também começa a chegar nas concessionárias no primeiro semestre, para concorrer com Camry e Passat.

Lançamentos para 2019: HR-V Touring e Novo Accord

9 - Jeep: manter a posição de destaque entre os SUVs

undefined
Divulgação
A Jeep é uma das marcas mais importantes do mercado automotivo. No Brasil, o lançamento de 2019 será o novo Wrangler

A Jeep salvou o Grupo FCA em 2018. Foram 106 mil emplacamentos, com 5,3% de participação no mercado brasileiro. Seus principais produtos são os SUVs Renegade e Compass, sendo que o último foi líder absoluto de vendas de utilitários em todas as categorias. Com uma participação tímida no Salão do Automóvel 2018, a marca terá um ano pouco movimentado.

O único lançamento previsto é o clássico Wrangler, porém, fora de uma categoria de volume. Alguns detalhes também podem surgir sobre um Jeep menor que o Renegade nos próximos meses. O modelo será fabricado em Goiana (PE), mas ainda não há data para o lançamento, ou informações sobre como será o SUV.

Lançamentos para 2019: Novo Wrangler

10 - Nissan: reestilizar March e Versa, com o lançamento do Leaf

undefined
Divulgação
Nissan Leaf será o principal lançamento da marca no mercado automotivo. March e Versa serão reestilizados

A Nissan encerra a lista das dez grandes fabricantes do Brasil. Com desempenho modesto em 2018, a marca garantiu 3,9% de participação com 97 mil emplacamentos. A bola da vez é o Kicks, que chegou a ser líder de sua categoria em alguns meses do ano passado. Para 2019, a marca contará com lançamentos e algumas reformulações.

O primeiro será o Leaf, apresentado oficialmente ao público no Salão do Automóvel. Ele chegará ainda no primeiro semestre para dar continuidade à sua história de sucesso. Vale lembrar que ele é o modelo elétrico mais vendido do mundo, com mais de 300 mil emplacamentos. Em seguida, teremos reestilizações na linha March e Versa, garantindo mais alguns anos de fôlego aos compactos. O SUV X-Trail também deve ser lançado e poderá ser vendido no mercado automotivo com uma possível versão híbrida.

Lançamentos para 2019: Leaf, March e Versa reestilizados e, talvez, o SUV X-Trail

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.