Tamanho do texto

Plataforma que mede diagnóstico de falhas enumera os seminovos que mais apresentaram problemas entre 4 e 8 anos de uso;

Já falamos sobre o Engie na última semana. Trata-se de um dispositivo que mete parâmetros e estatísticas diárias em mais de 45 mil veículos espalhados pelo Brasil. Ele é capaz de detectar o diagnóstico de falhas, carga da bateria, eficiência do combustível e emissões com uma instalação simples no painel do carro. Um novo estudo feito no ano passado, com veículos seminovos de 4 a 8 anos de uso, revela os seminovos mais defeituosos do Brasil e as falhas mais recorrentes entre eles, sem repetir marcas.

LEIA MAIS: Veja os 5 carros mais confiáveis para se comprar no Brasil

5 - Peugeot 207 - 35% dos veículos conectados apresentaram falhas

O Peugeot 207 era vendido há oito anos, com 35% de suas unidades com problemas entre o seminovos mais defeituosos
Divulgação
O Peugeot 207 era vendido há oito anos, com 35% de suas unidades com problemas entre o seminovos mais defeituosos

Até 2012, ainda tínhamos o Peugeot 207 no mercado como modelo 2013. O hatch compacto, entretanto, acaba entrando para a lista de seminovos mais defeituosos da Engie, com 35% de suas unidades analisadas apresentando falhas. A ocorrência mais frequente atinge o sensor do TBI (corpo de borboleta), gerando perda de potência repentina. O Peugeot 207 era equipado com duas motorizações: 1.4 de 82 cv e 12,8 kgfm, disponível apenas com câmbio manual, e 1.6 de 113 cv e 15,5 kgfm, com opção automática de quatro marchas.

4- Nissan Sentra - 36% dos veículos conectados apresentaram falhas

O Nissan Sentra também aparece com destaque na lista dos seminovos mais defeituosos da Engie
Divulgação
O Nissan Sentra também aparece com destaque na lista dos seminovos mais defeituosos da Engie

De acordo com o Engie, 36% dos Nissan Sentra registrados com o dispositivo de parâmetros e estatísticas apresentaram defeitos. A falha em um ou mais cilindros do motor foi a ocorrência mais recorrente nos mais de 200 modelos analisados entre 2012 e 2015, colocando o sedã japonês na quinta colocação. O Sentra foi renovado em 2014, quando ganhou o design do modelo que conhecemos hoje. Desde aquela época, é equipado com motor 2.0 de 140 cv e 20 kgfm de torque, com opção de câmbio manual e CVT.

3 - Renault Duster - 41% dos veículos conectados apresentaram falhas

Os dados da Engie aposta o Renault Duster como o único representante dos SUVs entre os seminovos mais defeituosos
Divulgação
Os dados da Engie aposta o Renault Duster como o único representante dos SUVs entre os seminovos mais defeituosos

O Renault Duster também é penalizado, com 41% de suas unidades acusando falhas no levantamento da Engie. Tal como o Sentra, a ocorrência mais frequente diz respeito à falha em um ou mais cilindros do motor. Lançado no começo de 2012 como o primeiro SUV da Renault, o Duster era vendido com motor 1.6 de 120 cv e 16,2 kgfm de torque, além do potente 2.0 de 142 cv e 20,9 kgfm de torque (que acabou saltando para 148 cv posteriormente).

LEIA MAIS: Veja os 5 SUVs seminovos mais econômicos até R$ 50 mil

2 - VW Jetta - 51% dos veículos conectados apresentaram falhas

O VW Jetta da antiga geração é um dos seminovos mais defeituosos, com falhas no filtro do sistema de evaporação
Divulgação
O VW Jetta da antiga geração é um dos seminovos mais defeituosos, com falhas no filtro do sistema de evaporação

Mais da metade dos Volkswagen Jetta analisados pela Engie apresentam uma falha em comum. Há um problema específico que acaba gerando complicações no filtro do sistema de evaporação de combustível, fazendo com que o sedã receba a medalha de prata entre os seminovos mais defeituosos do Brasil. Neste caso, estamos falando da antiga geração que foi lançada em 2011, com o polêmico motor 2.0 de 120 cv e 18 kgfm de torque e o potente TSI de 200 cv e 28,5 kgfm de torque.

LEIA MAIS: Veja 5 carros que estão para mudar e já surgem com descontos

1 - Chevrolet Spin - 59% dos veículos conectados apresentaram falhas

Entre os seminovos mais defeituosos da lista, a minivan Chevrolet Spin é o modelo mais espaçoso
Divulgação
Entre os seminovos mais defeituosos da lista, a minivan Chevrolet Spin é o modelo mais espaçoso

Eis o campeão entre os seminovos mais defeituosos . De acordo com a Engie, 59% dos modelos com o dispositivo instalado apresentam uma falha específica: catalisador com insuficiência de queima de gases. Lançada em 2013 com opções de cinco e sete lugares, a Chevrolet Spin surge com motor 1.8 de 111 cv de potência e 17,7 kgfm de torque. Durante seus primeiros anos de vida, concorria com a finada Nissan Livina, mas agora está sem rival direta.