Tamanho do texto

Reajuste de valores aumenta preço de todas as versões de acabamento do modelo, que tem vendido bem em 2019

Motor Show

Toyota Yaris Sedan
Divulgação
Toyota Yaris acompanha o mercado e reduz opções com câmbio manual. Confira os novos valores

A Toyota revelou nesta semana a tabela de preços da linha 2020 do Yaris, que não traz mudanças visuais interna e externamente, mas que de modo geral ficou mais cara. Entre as novidades, a marca aproximou os valores de versões com câmbio manual e CVT – aumentando o preço da versão equipada com caixa manual, tornando, dessa forma, mais atraente a configuração equipada com câmbio CVT. Na real, vale lembrar que essa é um atitude bem comum de algumas montadoras.

LEIA MAIS: Com bons números, Yaris ajuda Toyota a bater a Ford

Vamos explicar: o Toyota Yaris XL 1.3 M/T foi a versão que mais cresceu de preço, partindo de R$ 66.190 – R$ 4.600 a mais que o último reajuste de tabela, de janeiro. Por outro lado, a mesma versão com câmbio CVT ficou R$ 1.500 mais cara, subindo a R$ 68.590. Dessa forma, a diferença de preço ficou em R$ 2.400, praticamente “forçando” o cliente a escolher a versão CVT. A mesma atualização aconteceu com o Yaris Sedan XL 1.5.

LEIA MAIS: Citroën C4 Cactus enfrenta VW T-Cross. Quem vence o confronto turbinado?

Outra novidade é triste para os fãs de câmbio manual: agora só as duas versões de entrada de cada configuração de carroceria (hatch e sedã) vêm equipadas com a caixa manual de cinco marchas, enquanto todas as outras versões do Toyota Yaris já trazem a caixa automática CVT que simula sete marchas. Confira a nova tabela de preços abaixo: