Motor Show

Toyota Yaris Sedan
Divulgação
Toyota Yaris acompanha o mercado e reduz opções com câmbio manual. Confira os novos valores

A Toyota revelou nesta semana a tabela de preços da linha 2020 do Yaris, que não traz mudanças visuais interna e externamente, mas que de modo geral ficou mais cara. Entre as novidades, a marca aproximou os valores de versões com câmbio manual e CVT – aumentando o preço da versão equipada com caixa manual, tornando, dessa forma, mais atraente a configuração equipada com câmbio CVT. Na real, vale lembrar que essa é um atitude bem comum de algumas montadoras.

LEIA MAIS: Com bons números, Yaris ajuda Toyota a bater a Ford

Vamos explicar: o Toyota Yaris XL 1.3 M/T foi a versão que mais cresceu de preço, partindo de R$ 66.190 – R$ 4.600 a mais que o último reajuste de tabela, de janeiro. Por outro lado, a mesma versão com câmbio CVT ficou R$ 1.500 mais cara, subindo a R$ 68.590. Dessa forma, a diferença de preço ficou em R$ 2.400, praticamente “forçando” o cliente a escolher a versão CVT. A mesma atualização aconteceu com o Yaris Sedan XL 1.5.

LEIA MAIS: Citroën C4 Cactus enfrenta VW T-Cross. Quem vence o confronto turbinado?

Outra novidade é triste para os fãs de câmbio manual: agora só as duas versões de entrada de cada configuração de carroceria (hatch e sedã) vêm equipadas com a caixa manual de cinco marchas, enquanto todas as outras versões do Toyota Yaris já trazem a caixa automática CVT que simula sete marchas. Confira a nova tabela de preços abaixo:

    Veja Também

      Mostrar mais