Tamanho do texto

O modelo elétrico Vera será utilizado no centro de logística da marca e no porto de Gotemburgo. Confira as imagens do novo caminhão autônomo

Vera
Divulgação
Testes internos fazem parte da nova etapa de planejamento para veículos autônomos da Volvo

O Vera, novo caminhão autônomo , conectado e elétrico da Volvo, foi autorizado pelo governo sueco a executar o transporte de carga do centro de logística da marca até o terminal do porto de Gotemburgo. Será a primeira vez que veremos um veículo autônomo do porte de um caminhão atuando, graças a uma parceria entre a Volvo Trucks e a companhia de logística DFDS.

LEIA MAIS: Veja 5 coisas que o carro autônomo poderá fazer por você no futuro

Compartilhando seu powertrain com outros caminhões elétricos , o Vera foi designado para atender às necessidades repetitivas dos centros de logística, fábricas e portos. De acordo com a Volvo , o modelo pode transportar grandes volumes de carga com muita precisão, até mesmo em curtas distâncias.

A Volvo Caminhões quer implementar um novo sistema conectado que atuará no gerenciamento de diversas unidades do Vera, que podem atingir até 40 km/h quando monitorados por uma torre de comando. O objetivo é permitir que os caminhões tenham ações mais intuitivas, flexíveis e sustentáveis, também servindo como um teste primário para vias públicas.

LEIA MAIS: Carro voador da Boeing faz primeiros testes nos Estados Unidos. Veja vídeo

“Agora, temos a oportunidade de testar o potencial do Vera para diversas operações especiais”, comemora Mikael Karisson, vice-presidente de soluções autônomas da Volvo Caminhões . “O transporte elétrico por um caminhão autônomo pode zerar a poluição dos serviços de logística, beneficiando os negócios e a sociedade. Vemos a colaboração entre Volvo e a DFDS como um importante passo para a automação da área”.