Tamanho do texto

Chegada da nova geração do sedã ao Brasil está confirmada para outubro, com inédita versão híbrida flex. Saiba mais detalhes da novidade

Toyota Corolla
Divulgação
Novo hotsite da próxima geração do Toyota Corolla. Modelo será fabricado em Indaiatuba (SP)

Quando a nova geração do Toyota Corolla foi mostrada há alguns meses no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, a camuflagem ainda escondia sua dianteira. Isso acabou gerando algumas dúvidas, uma vez que o modelo adota identidades visuais completamente diferentes, dependendo do mercado. Com o lançamento do novo hotsite, a Toyota finalmente confirma que o sedã nacional terá a dianteira do modelo europeu.

LEIA MAIS: Segredo! Honda Civic renovado será lançado no segundo semestre

O lançamento do Toyota Corolla híbrido é um grande sonho para a marca japonesa. Desde 2016, a fabricante vem utilizando unidades do Prius para testar o novo conjunto mecânico, o primeiro em todo o mundo que pode beber tanto gasolina quanto etanol. De acordo com a Toyota, o motor 1.8 híbrido flex tem um dos mais altos potenciais de compensação e reabsorção de emissão de CO2, desde a extração da cana-de-açúcar, passando pela chegada do etanol aos postos de abastecimento e também pela queima do combustível no motor.

Todos os componentes que entram em contato com o combustível, como mangueiras, bomba de combustível, bicos injetores e velas, precisam ser substituídos. Vale lembrar que o combustível de cana-de-açúcar é mais corrosivo que a gasolina. Outra questão é o sistema de partida a frio.

LEIA MAIS: Citroën faz 100 anos com versões especiais para C3, Aircross, Cactus e Lounge

Adaptações no Toyota Corolla

Atualmente, veículos dispensam o inconveniente tanquinho de partida a frio pelo sistema de pré-aquecimento. Em um carro convencional, o aquecimento funciona uma vez a cada ciclo de uso. No caso do Prius flex - que liga e desliga o motor a combustão com frequência - foi necessário desenvolver um sistema de injeção exclusivo. Um propulsor 2.0 de 170 cv também está confirmado - este bebendo apenas gasolina.

LEIA MAIS: Volkswagen lança versão mais potente do Jetta, com motor 2.0 de 230 cv

Vale lembrar que o seu principal rival, o Honda Civic, também irá mudar no segundo semestre para acompanhar as mudanças do Toyota Corolla . Por outro lado, será apenas uma reestilização básica para refrescar a décima geração do sedã.