Após as primeiras revelações do novo Chevrolet Corvette, faltava apenas vê-lo em ação. Muitos tiveram dúvidas sobre como deveria se comportar, uma vez que, agora, seu motor foi posicionado entre a cabine e o eixo traseiro — após 66 anos posicionado na frente. Mesmo que ainda sem preços definidos, Mark Reuss, presidente da General Motors, destacou que o novo Corvette Stingray ficará abaixo dos US$ 60 mil (cerca de R$ 220 mil), ao chegar às lojas no ano que vem.

LEIA MAIS: Mercedes de R$ 1,7 milhão tem 5 unidades vendidas no Brasil

Com o novo posicionamento do motor, a nova geração do Chevrolet Corvette viu a mudança de porte da carroceria mudar. Antes com a dianteira comprida, agora é mais curta e achatada, e assim, aproxima-se da “escola” européia de carros esportivos . No interior, a novidade fica por conta das novas tecnologias, com central multimídia de tela flutuante e o volante com desenho diferenciado — mesmo que remeta o da antiga geração.

LEIA MAIS: Lotus revela o hipercarro elétrico mais potente do mundo

Mecânica e equipamentos

Chevrolet Corvette
Divulgação
Chevrolet Corvette C8: Ícone norte-americano que se aproxima ainda mais da arquitetura dos europeus

Já na lista de equipamentos, os destaques ficam por conta do seletor de modos de condução, com seis modos, além do sistema de som premium Bose com 14 alto-falantes. Destaque para o novo cockpit na cor preta e detalhes de costura vermelho. No console central, os botões estão colocados longitudinalmente.

LEIA MAIS: Mercedes visa nova era de carros de luxo ao lançar seu primeiro SUV elétrico

A versão Stingray , conta com o motor 6.2 V8 LT2 herdado do Corvette C7, mas retrabalhado para o uso na posição central-traseira. Com o pacote Z51, o propulsor é capaz de desenvolver 495 cv e 65 kgfm. Ele trabalha em conjunto com uma transmissão do tipo transeixo de oito marchas e dupla embreagem, que traciona as rodas traseiras e permite ao esportivo acelerar de 0 a100 km/h em cerca de três segundos.

LEIA MAIS: VW Gol GT, Escort XR3 e Monza SR: Fizemos um comparativo dos anos 80

De acordo com a montadora, a mudança de local do motor proporciona uma melhor distribuição de peso para o Chevrolet Corvette , que tem 1.530 kg com todos os fluidos. Além disso, o posicionamento do motorista mais próximo ao eixo dianteiro melhora a pilotagem do carro, ainda segundo os engenheiros.

    Veja Também

      Mostrar mais