Motor Show

Fiat Uno marcou época com detalhes como limpador único e cinzeiro deslizante no painel, entre outros itens
Divulgação
Fiat Uno marcou época com detalhes como limpador único e cinzeiro deslizante no painel, entre outros itens


A Fiat comemorou neste mês de agosto os 35 anos do lançamento do Uno no mercado brasileiro. Inspirado no carro lançado em 1983 na Itália, o Uno brasileiro se diferenciava por usar uma plataforma distinta (a mesma do antecessor 147) e serviu de base para uma família que incluiu a picape e furgão Fiorino, o sedã Premio e a perua Elba.

LEIA MAIS: Fiat Uno 1.6 R: Swap de motor para 1.9 leva o hatch aos 137 cv

Você viu?

Em 1990, a Fiat lançou o Uno Mille , o primeiro carro popular 1.0 do Brasil, que trazia uma versão de 994 cm² do motor Fiasa 1.050 cm², capaz de desenvolver 48,5 cv. Outra versão icônica foi o esportivo Uno Turbo, o primeiro turbinado de fábrica do mercado brasileiro e que era equipado com um motor 1.4 turbo capaz de levar o hatch a 195 km/h. O Fiat Uno original permaneceu em produção até 2013, quando se despediu com a série especial Grazie Mille.

LEIA MAIS:  Fiat Uno personalizado, com mecânica de moto esportiva. Veja vídeo

Mas três anos antes da Fiat havia lançado a segunda geração do Uno, que era montada sobre uma nova plataforma, derivada da usada no Palio. Desde então, o modelo já somou cerca de 4 milhões de unidades produzidas na fábrica de Betim (MG). Ainda produzido apenas no Brasil, o  Fiat Uno é exportado atualmente para Argentina, México, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Chile, Uruguai, Bolívia e Peru.

Fiat Mille deixou de ser fabricado no Brasil em 2014 depois de 30 anos de sucesso de vendas no País
Divulgação
Fiat Mille deixou de ser fabricado no Brasil em 2014 depois de 30 anos de sucesso de vendas no País


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários