Tamanho do texto

Mudanças no visual vieram acompanhadas de novos equipamentos de série. Saiba mais detalhes no que muda no sedã de luxo da marca inglesa

Motor Show

Jaguar XE vermelho arrow-options
Divulgação
Jaguar XE passa a ser vendido no Brasil em apenas uma versão e chega com edição especial na linha 2020



O sedã Jaguar XE estreia na linha 2020 com mudanças no visual e novos equipamentos de série. Disponível no Brasil na versão única R-Dynamic S, o sedã estreia a partir de R$ 245.900.

LEIA MAIS: Jaguar I-Pace 2020: SUV elétrico de personalidade forte

O motor é o Ingenium 2.0 de 250 cv. Combinado ao câmbio automático de oito marchas, permite ao Jaguar XE acelerar de 0-100 km/h em 6,5 segundos. O XE 2020 ganhou novos faróis de LED, para-choques e grade dianteira mais larga. Na traseira, a mudança é o novo conjunto de para-choque e saia inferior.

Por dentro, o sedã ganhou novos materiais de acabamento e o sistema multimídia Touch Pro Duo (dotado de duas telas de alta resolução), além de uma nova alavanca de câmbio e os bancos dianteiros redesenhados. O painel digital — igual ao do elétrico I-Pace — é configurável com tela de 12,3″.

A lista de opcionais do sedã traz o Pacote de Tecnologia (Head-Up Display e o retrovisor interno ClearSight, que transforma o espelho no monitor de uma câmera de vídeo traseira), o Pacote de Estacionamento (sistema de estacionamento automático) e o Pacote para Smartphone (que ativa a compatibilidade com o Android Auto e o Apple CarPlay).

LEIA MAIS: Avaliação: E-Pace é um Jaguar, mas tem instinto de guepardo

As primeiras unidades do Jaguar XE 2020 no Brasil serão oferecidas em uma configuração especial. Com preço de tabela de R$ 267.750, traz de série pintura metálica, teto solar elétrico panorâmico, carregador de celular por indução, painel de instrumentos interativo e digital de TFT, sistema de entretenimento Touch Pro Duo, rodas aro 18 e sistema de abertura de portas keyless.