Há quatro anos, o Chevrolet Onix é líder absoluto de vendas no Brasil. Sua história começa em meados de 2010, quando a GM já pensava em um carro para substituir o antigo Corsa. A estratégia, na prática, era bem simples: lançar um carro barato e econômico que contasse com recursos de conectividade de modelos mais caros. Foi assim que nasceu o Chevrolet Onix, o veículo mais vendido da década.

LEIA MAIS: Elegemos os 5 modelos mais revolucionários da década

A maior contribuição da Chevrolet para a competitividade da indústria foi o sistema MyLink de mídia. Ele era tão desejado que chegou a virar critério de compra entre os clientes em geral. Em sua nova geração lançada em novembro de 2019, a Chevrolet subiu o sarrafo novamente, adicionando conexão com a internet sem fio e seis airbags de série.

LEIA MAIS: Chevrolet Onix Plus encara Honda City em comparativo quente de sedãs

Com tantas unidades no mercado, é natural que o Onix também seja absoluto entre os veículos seminovos. Partindo disso, a analista do mercado automotivo KBB Brasil elaborou um ranking com as versões que menos depreciam ao longo de sua existência, considerando a primeira geração e o facelift de 2016.

A reestilização (2017 - 2019)

Chevrolet Onix 2019
Divulgação
Chevrolet Onix Activ: aventureiro tem a menor depreciação entre todas as versões

De acordo com o levantamento da KBB, a versão do Onix que menos perde valor após um ano de uso é a aventureira Activ, com motor 1.4 e câmbio automático de seis marchas. São apenas -5,01% de depreciação . O modelo que mais deprecia é o 1.4 LTZ com câmbio manual, que perde -8,48% do valor. Veja a tabela abaixo:

1 - Activ 1.4 8V Automático - -5,01%
2 - LT 1.0 8V Manual - -5,07%
3 - LTZ 1.4 8V Manual - -5,31%
4 - 1.4 8V Manual - -8,33%
5 - LTZ 1.4 8V Manual - -8,48%

Primeira geração (2013 - 2016)

Chevrolet Onix
Divulgação
Chevrolet Onix 1.4 LT com câmbio manual é o destaque da primeira geração, antes do facelift

LEIA MAIS: Com apenas dois meses, Onix Plus é o sedã mais vendido do Brasil

Voltando ao momento de sua estreia, a KBB descobriu que a versão do Onix que menos deprecia entre 2013 e 2016 é a 1.4 LT com câmbio manual, aferindo desvalorização de apenas -6,27%. Já o modelo basicão 1.0 LT com câmbio manual é o que mais perde valor, com depreciação de -8,18%. Confira a tabela completa abaixo:

1 - LT 1.4 8V Manual - -6,27%
2 - LS 1.0 8V Manual - -6,32%
3 - Joy 1.0 8V Manual - -6,64%
4 - LT 1.0 8V Manual - -8,18%

    Veja Também

      Mostrar mais