O Novo Duster já é uma novela antiga no mercado brasileiro. Apresentado na Europa pela Dacia em 2017, todos imaginavam à época que ele seria uma das atrações da Renault durante o Salão do Automóvel 2018. Bem, isso não aconteceu, e a marca acabou passando em branco pelo evento - uma vez que a Alaskan não foi lançada.

LEIA MAIS: VW Nivus é visto camuflado antes da estreia, no primeiro semestre

Quase três anos após sua estreia, o Renault Duster está pronto para estrear no Brasil. Algumas unidades já foram flagradas em testes, mostrando que o SUV nunca esteve tão perto de chegar às lojas. A partir disso, a reportagem do iG Carros relata os fatos que já sabemos sobre o novo Duster. 

Nova família de motores só em 2021

Renault Duster arrow-options
Divulgação
A Renault vai aproveitar o lançamento do Duster para apresentar uma nova família de motores turbo para SUVs

Abaixo do capô das versões básicas e intermediárias, você encontrará o motor 1.6 SCe que estreou na linha da Renault em do Brasil 2016. A unidade é capaz de desenvolver 120 cv de potência a 5.500 rpm e 16,2 kgfm de torque a 4.000 rpm, e estará acoplado a duas opções de câmbio: manual de seis marchas ou automático CVT.

O motor 2.0, de 143 cv da geração anterior será substituído por uma nova unidade 1.3 turbo , conforme apurado pelo Argentina Autoblog. Derivado do motor 1.2 TCe, de 110 cv do modelo europeu, o nosso Duster terá algo em torno de 170 cv de potência.

Mais espaçoso, mas pouca coisa

Renault Duster arrow-options
Divulgação
Feito sob a mesma plataforma Dacia A0 do modelo atual, o Duster ficará mais espaçoso sem precisar crescer; entenda

Feito sob a mesma plataforma A0 da geração atual, o Novo Duster cresceu pouco. São 4,34 metros de comprimento (+ 2 cm), 1,80 m de largura (- 2 cm, sem retrovisores), 1,68 m de altura e 2,67 m de entre-eixos. A Renault já antecipou que o posicionamento dos bancos e da coluna frontal mudou para aumentar o espaço aos passageiros do banco traseiro. Resta saber de que forma isso deverá interferir no espaço para os joelhos (ponto fraco do Duster atual), além da capacidade do porta-malas.

Mudanças pontuais

Renault Duster arrow-options
Tiago Rodrigues
O Renault Duster nacional será fabricado em São José das Pinhais (PR) e na Colômbia, onde abastecerá a América Latina

Da mesma forma que já acontecia com a antiga geração do SUV romeno com sotaque francês, o Novo Duster nacional também terá algumas mudanças pontuais na comparação com o modelo europeu. A grade dianteira estará alinhada à linguagem visual da Renault do Brasil, e também podemos esperar por LEDs de condução diurna como equipamentos de série. Na traseira, por outro lado, o nosso Duster será praticamente igual ao europeu.

LEIA MAIS: Chevrolet Tracker já aparece sem camuflagem antes da estreia no primeiro semestre

Mais refinado

Renault Duster arrow-options
Divulgação
O Renault Duster terá o mesmo volante da linha Sandero/Logan; a central multimídia terá sistema Media Nav Evolution

Flagras recentes que pegaram o painel do novo SUV comprovam que o Duster terá uma linguagem inédita de design, com algumas diferenças na comparação com o Europeu. As saídas de ar redondas do Dacia terão formato retangular no Brasil; assim como o volante, que será o mesmo apresentado na linha Sandero/Logan em 2019.
Na parte de multimídia, podemos esperar pelo sistema Media Nav Evolution com Android Auto e Apple CarPlay. Resta saber se os comandos de áudio serão finalmente integrados ao volante, aposentando o apêndice que fica na coluna de direção do Duster atual. Equipamentos como chave presencial e sistema start-stop podem estrear no modelo novo.

Só depois do carnaval

Renault Duster arrow-options
Divulgação
Renault Duster chegará entre março e abril de 2020, já como modelo 2021; versões mais básicas de Renegade e T-Cross serão os alvos principais

LEIA MAIS: Flagra! Nova picape inédita da Hyundai é vista antes da estreia

Se o seu plano era comprar o Novo Duster e cair na estrada para o feriado de Carnaval, saiba que o modelo chegará às lojas apenas entre março e abril de 2020. Ele será lançado já como modelo 2021, mas ainda ficará devendo a nova motorização 1.3 turbo - que tem seu lançamento esperado para o ano que vem.

    Veja Também

      Mostrar mais