Ar-condiconado arrow-options
Divulgação
A manutenção preventiva do seu veículo também inclui o sistema de refrigeração

Apesar dos dias chuvosos na região sudeste durante o começo de 2020, janeiro costuma ser um dos meses mais quentes do ano. Com temperaturas na casa dos 35° e clima abafado, é inimaginável ficar trancafiado no trânsito em um veículo sem ar-condicionado .

LEIA MAIS: Veja os 5 carros mais difíceis e caros de consertar, segundo o CESVI

Poucas pessoas se atentam que a manutenção preventiva também inclui o sistema de refrigeração do carro. Partindo disso, os especialistas da oficina A.M. Marcelo listam alguns indicativos de que o ar-condicionado do seu carro talvez precise de reparo.

Odores

De acordo com especialistas, odores estranhos podem vir do sistema de ventilação, causados por fungos, insetos, sujeira ou qualquer outro tipo de matéria orgânica. Ligue o sistema no máximo por cerca de 10 minutos, com a temperatura no máximo. Isso deve ser o suficiente para eliminar o cheiro.

Se o mau odor persistir, vá ao mecânico e faça a inspeção do filtro do ar e de pólen. Normalmente, o filtro deve ser trocado a cada 20 mil km, metade disso se você for fumante. Se tiver passado por uma situação diferente, como uma enchente, troque o filtro assim que possível, pois ele pode ter sido molhado pela água suja.

Climatização fraca

Matteo Petricionne Júnior, um dos especialistas da A.M. Marcelo, diz que o ar-condicionado fraco pode significar que falta gás refrigerante no sistema. “É importante lembrar que o gás não se perde, a não ser por algum vazamento que precisa ser verificado, como vedações ou mangueiras que devem ser substituídas”, diz o especialista.

LEIA MAIS: Confira 11 dicas de manutenção pra viajar sem preocupações

Funcionamento irregular

ar-condiconado arrow-options
Divulgação
A refrigeração do ar-condicionado está oscilante? Isso pode indicar desgaste de alguns componentes importantes

Outro forte indício de que está na hora de fazer a manutenção do sistema de refrigeração é o funcionamento irregular. O ar parece ter perdido força? Pode ser sinal de algum desgaste no sistema composto pelo termostato e outros componentes importantes.

Sons estranhos

O sistema de refrigeração está fazendo algum tipo de ruído ou estalo com frequência? Os especialistas advertem que isso pode indicar algum problema de origem mecânica, como ventoinha, atrito da tubulação ou falha no compressor. Para corrigir, basta levar o veículo à oficina para lubrificação das partes.

LEIA MAIS: Veja 5 surpresas que podem dar prejuízo na hora de fazer a manutenção do carro

Problemas respiratórios

Motoristas e passageiros frequentes apresentam qualquer tipo de problema respiratório como rinite, sinusite ou bronco rinossinusite? Talvez seja uma reação alérgica causada pela proliferação de fungos e bactérias que podem prejudicar a saúde. Higienizar o sistema de ventilação é básico, pois alguns componentes costumam acumular pó ou pólen. 

    Veja Também

      Mostrar mais