Musk arrow-options
Divulgação
Elon Musk, o CEO da Tesla, já indicou em seu perfil no Twitter que há interesse de entrar no mercado latino-americano

O colunista Claudio Loetz do site NSC Total apurou com o deputado Daniel Freitas (PSL-SC) que o governo brasileiro iniciou as movimentações para atrair a fabricante de veículos elétricos Tesla para o Brasil. De acordo com o Freitas, a marca americana poderá abrir uma fábrica na América do Sul em até três anos. Santa Catarina seria o destino plausível.

LEIA MAIS: Volkswagen quer superar Tesla no segmento dos carros elétricos

Além de Daniel Freitas, o ministro da Ciência, Tecnologia e Informações, Marcos Pontes, também está à frente da proposta. Conforme sua agenda divulgada no site do Ministério, Pontes se reuniu na última quarta-feira com um dos engenheiros da Tesla .

LEIA MAIS: Ford terá novos carros eletrificados no Brasil. Kuga híbrido pode ser o primeiro

Na entrevista ao NSC Total, Freitas confirmou que o governo planeja formar uma comitiva para visitar a sede da Tesla nos Estados Unidos. Além do deputado e do ministro, o presidente Jair Bolsonaro também comparecerá. Atualmente, a Tesla tem três fábricas no mundo: duas nos Estados Unidos, uma na China. Um novo complexo já está sendo construído em Berlim, na Alemanha. 

Tesla no Brasil

Tesla Model X arrow-options
Divulgação
Tesla Model X, o crossover da marca americana; linha de veículos também é composta pelo sedã Model S e o hatch Model 3

Elon Musk, CEO da Tesla, já indicou em seu perfil no Twitter que tem interesse de expandir o mercado para a América Latina. Atualmente, a única maneira de adquirir um veículo da marca é encomendando com uma importadora oficial, caso da Elektra Motors, de São Paulo.

LEIA MAIS: Veja os carros elétricos que poderão chegar ao Brasil ainda em 2020

A concessionária importa apenas o sedã Model S , por valores que alternam entre R$ 745 mil e R$ 785 mil, dependendo da versão. 

    Veja Também

      Mostrar mais