Peugeot
Divulgação
Peugeot 208 da nova geração já começa a ser feito na Argentina e virá ao Brasil dentro de um pouco mais de dois meses

O Grupo PSA (Peugeot-Citroën) começa uma nova fase no Mercosul com a produção do novo hatch compacto 208 na Argentina e da plataforma CMP no Brasil, onde novos modelos serão fabricados, conforme comunicado oficial, fruto de investimentos de R$ 220 milhões. A PSA ainda não divulga quais serão as novidades, apenas que serão compactos, médios e SUVs compactos.

LEIA MAIS: Novo Peugeot 208 será lançado no segundo semestre. O que esperar dele?

De qualquer forma, a fábrica em Porto Real (RJ) já começa a fabricar a nova plafaforma CMP, que será usada para complementar a gama da PSA no Mercosul. Na Argentina ficará a produção do hatch compacto Peugeot 208 e do SUV compacto 2008 . No Brasil, espera-se que sejam feitos modelos da Citroën, entre os quais o  novo C3 nas configurações hatch e SUV (Aircross) , esta última já com as patentes registradas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial).

Conforme Patrice Lucas, Presidente Brasil e América Latina e membro do Comitê Executivo do Grupo PSA, “os produtos fabricados em Porto Real e em Palomar tendo como base a CMP serão complementares e distintos, sendo que cada unidade continuará tendo sua importância na produção para os mercados locais e para exportação".

LEIA MAIS: Novo Peugeot 208 terá recursos inéditos entre compactos no Brasil

Na Argentina, começa a fabricação do novo hatch 208, que chegará ao Brasil apenas em setembro. Por lá, foram investidos US$ 320 milhões para modernizar a linha de montagem em El Palomar , onde foram feitas algumas unidades pré-série do novo 208, antes do período de quarentena. Os planos iniciais eram de ter as duas gerações do Peugeot 208 convivendo juntas, mas a atual, feita no Brasil, sairá de linha.

    Veja Também

      Mostrar mais