Peugeot
Divulgação
Peugeot 208 e-GT: elétrico esportivo será o único hatch compacto do gênero disponível no Brasil, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 8,1 s

Depois de revelar que o novo Peugeot 208 seria equipado com um painel digital 3D, a marca francesa confirma que irá oferecer no mercado brasileiro a versão elétrica do hatch compacto de nova geração.

O Peugeot 208 elétrico, que por aqui vai se chamar "e-GT", será equipado com um motor de 136 cv e torque de 26,5 kgfm, que permite ao hatch acelerar de 0 a100 km/h em 8,1 segundos, de acordo com a fabricante. O elétrico virá importado da França e irá complementar a linha de versões a combustão do novo 208, produzidas na Argentina e equipadas com o motor 1.6 16V EC5 flex, o mesmo que é usado no atual 208.

O novo 208 vai marcar a estreia no mercado brasileiro da plataforma modular CMP — que será usada futuramente também em modelos produzidos na fábrica brasileira da PSA, em Porto Real (RJ) — e permitiu a incorporação ao modelo das novas tecnologias do pacote ADAS (Advanced Driver Assistance Systems), que inclui itens como detector de fadiga do motorista, assistente de manutenção em faixa e controlador automático de velocidade adaptativo.

LEIA MAIS: 

Na Argentina, já começou a fabricação do novo hatch 208, que chegará ao Brasil apenas em setembro. Por lá, foram investidos US$ 320 milhões para modernizar a linha de montagem em El Palomar, onde foram feitas algumas unidades pré-série do novo Peugeot 208 , antes do período de quarentena.

Os planos iniciais eram de ter as duas gerações do Peugeot 208 convivendo juntas, mas a atual, feita no Brasil, sairá de linha. Veja o vídeo oficial do novo 208 e-GT.


    Veja Também

      Mostrar mais