Chevrolet Tracker
Divulgação
Chevrolet Tracker 2021: mudanças apenas depois de seis meses do lançamento deixa apenas uma versão com motor 1.2 turbo

A GM comunica que a partir do mês que vem apenas a versão topo de linha Premier do Chevrolet Tracker será vendida com motor 1.2 turbinado, de três cilindros, de 132 cv. Além disso, a fabricante passa a oferecer no SUV 1.0 os itens que antes estavam disponíveis no modelo de maior cilindrada.

Entre os itens, estão sensor de ponto cego, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem, assistente de estacionamento, rodas de 17 polegadas, ar-condicionado digital e acabamento interno premium. E agora apenas a Premium 1.2 do Chevrolet Tracker poderá contar com teto solar panorâmico.

Segundo a fabricante, o motivo para as mudanças é a boa aceitação das versões com motor 1.0 turbo, mas isso acaba tirando de linha a LT e a LTZ 1.2 turbo apenas seis meses depois do lançamento. Até agora, a GM não divulgou os novos preços com as alterações que foram adotadas na linha do SUV compacto.

O Chevrolet Tracker é o quarto SUV compacto mais vendido pelo ranking da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos) no acumulado dos oito primeiros meses do ano, com 23.202 unidades, atrás de VW T-Cross (37.260), Jeep Renegade (30.655) e Hyundai Creta (25.196). Em quinto lugar fica o Nissan Kicks (21.881). Veja abaixo como ficaram as versões do Tracker.

1.0 Turbo MT/AT
1.0 Turbo LT
1.0 Turbo LTZ
1.0 Turbo Premier
1.2 Turbo Premier

    Veja Também

      Mostrar mais