Motoboy
Divulgação/O Dia
A partir de segunda(20), entregadores de compras por aplicativo ou delivery, motoristas do transporte público e seguranças poderão fazer o teste nos postos de saúde


O governo de São Paulo anuncia a criação do "Motofretista Seguro", programa voltado para os profissionais do motofrete e que promete acesso a linhas de crédito especiais junto ao Banco do Povo Paulista e o Sebrae para a aquisição de motos até R$ 8,1 mil e equipamentos até R$ 3,1 mil.


De acordo com o governo estadual, cerca de 25 mil motofretistas serão beneficiados pelo programa, que além dos programas de financiamento inclui ainda condições especiais para a regularização da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e das motos , além de cursos de formação e reciclagem.

Os profissionais que precisarem regularizar a CNH devem ser inscrever no site do programa e fazer um curso de formação desenvolvido pelo Detran. Além disso, é preciso ter no mínimo 21 anos, já estar habilitado e exercer atividade remunerada.

    Veja Também

      Mostrar mais