A pandemia afetou diretamente a renda de 71% dos brasileiros, segundo a pesquisa do Instituto Travessia encomendada pelo Valor Investe. Neste cenário instável, economizar se tornou uma palavra-chave. 

Partindo disso, a reportagem do iG Carros selecionou 5 modelos seminovos que são baratos e econômicos para este momento tão delicado. Vale lembrar que os preços podem ser diferentes dependendo da sua região. Acompanhe a lista!

1 - Renault Kwid Intense 1.0 2018 - entre R$ 29 mil e R$ 33 mil

Renault Kwid
Divulgação
Renault Kwid combina motor de três cilindros e baixo peso para ter um ótimo consumo

Eis o modelo ideal para quem quer economizar, mas não abre mão de um carro com pouco tempo de uso. O Kwid foi pensado para gastar pouco combustível e trazer muita versatilidade no uso urbano. Mérito do baixo peso e do motor de apenas três cilindros.

O pequeno aventureiro desenvolve 70 cv de potência e 9,8 kgfm de torque. Pode parecer pouco, mas a mecânica é ideal para puxar o modelo de apenas 786 kg. Segundo o Inmetro, o Kwid pode marcar 10,3 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada com etanol, além de 14,9 km/l na cidade e 15,6 km/l na estrada com gasolina. 

Dê preferência pela versão Intense, que traz central multimídia simples, computador de bordo e câmera auxiliar para manobras traseiras. Ela surge nos classificados online pelo valor médio de R$ 31 mil.

2 - Chevrolet Onix Joy 1.0 2018 - entre R$ 30 mil e R$ 33 mil

Chevrolet Onix Joy
Carlos Guimarães/ iG
Chevrolet Onix Joy foi campeão de vendas pelo bom consumo de combustível e câmbio de seis marchas

Outro modelo ideal para quem quer gastar pouco é o campeão de vendas Onix Joy. O modelo integra simplesmente o básico, como ar e direção assistida. Até a coloração alaranjada do painel simples, sem computador de bordo, remete aos modelos da Chevrolet de quinze anos atrás.

Abaixo do capô, temos o famigerado 1.0 da GM, desenvolvendo 80 cv de potência e 9,8 kgfm de torque. Destaque para o câmbio, que tem seis marchas. Segundo o Inmetro, o Onix Joy pode marcar 9,1 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada com etanol. Na gasolina, os números vão para 12,9 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada.

É possível encontrar modelos que saíram da concessionária com uma central multimídia simplificada da Chevrolet, sem sistema MyLink. Neste caso, o Onix Joy conta com conexões para Bluetooth, auxiliar e MP3. 

3 - VW Polo 1.0 2018 - entre R$ 43 mil e R$ 44 mil

Polo 1.0
Divulgação
Polo 1.0 aspirado é a versão esquecida pelos clientes da Volkswagen

As versões MSI e TSI do Polo recebem tanto Ibope que às vezes esquecemos da versão de entrada, com motor 1.0 aspirado de três cilindros. Trata-se de um modelo tão simples que a Volkswagen nem chegou a dar um nome para a versão.

O Polo entrega 84 cv de potência e 10,4 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco velocidades. Segundo o Inmetro, o consumo no etanol é de 8,8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada. Com gasolina no tanque, os números vão para 12,9 km/l e 14,3 km/l.

A Volkswagen disponibilizou um pacote de segurança, que acrescentava controle de estabilidade, assistente de partida em rampa e rodas de liga leve. O preço dos modelos equipados com este recurso pode passar de R$ 43 mil.

4 - Renault Sandero Expression 1.0 2017 - entre R$ 29 mil e R$ 32 mil

Renault Sandero 1.0 SCe
divulgação/Renault
Renault Sandero 1.0 tem versões que contam até mesmo com central multimídia e GPS nativo

Há um motivo para escolher o Sandero de 2017. Ele foi o primeiro a contar com motor 1.0 de três cilindros da família SCe, garantindo mais torque e economia de combustível que o modelo anterior.

O Sandero entrega 82 cv de potência e 10,5 kgfm de torque, com câmbio manual de cinco marchas. De acordo com o Inmetro, o modelo pode marcar 9,3 km/l na cidade e 9,6 km/l na estrada com etanol, além de 14,2 km/l e 14,1 km/l, respectivamente, com gasolina.

Na versão Expression, o Sandero é bem equipado. Conta com volante multifuncional, computador de bordo, ar-condicionado e central multimídia com GPS nativo.

5 - Fiat Mobi Drive 1.0 2017 - entre R$ 28 mil e R$ 31 mil

Fiat Mobi
Divulgação
Fiat Mobi é pequeno e versátil; perfeito para a cidade grande

O Mobi é o substituto natural do Uno como carro de entrada da Fiat. A proposta é semelhante à do Kwid, com um veículo de baixo custo que traz apenas o básico.

Abaixo do capô, o Mobi traz o motor 1.0 da família Firefly, que desenvolve 77 cv de potência e 10,9 kgfm, com câmbio manual de cinco velocidades. Segundo o Inmetro, o consumo do Mobi é de 9,6 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada com etanol. Na gasolina, o número sobe para 13,7 km/l na cidade e 16,1 km/l na estrada.

Os pacotes mais equipados do Mobi Drive integram volante multifuncional, rádio simples com conexão Bluetooth e ajustes elétricos dos retrovisores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários