Mirai
Divulgação
Novo carro do Pontífice é sustentável e cheio de tecnologia

O elétrico a hidrogênio Toyota Mirai é o primeiro papamóvel verde da frota do Vaticano. Duas unidades do modelo foram preparadas especialmente para o Papa Francisco, sob encomenda da Conferência dos Bispos do Japão, e serão utilizados pela autoridade máxima da igreja católica em novembro, durante a visita do pontífice ao país asiático.


Construído sobre a mesma plataforma do híbrido Prius, o Mirai sofreu uma série de modificações para a função de papamóvel . A carroceria foi alongada em 21 cm e recebeu na traseira uma estrutura elevada na traseira, que aumentou a altura total do conjunto para 2,7 m (quase 1,17 m a mais que o carro de produção).

Como manda o script do atual papa, que abriu mão dos carros blindados, o híbrido da Toyota não traz proteção balística e traz apenas uma espécie de para-brisa na estrutura construída para levar o papa.


A marca não fala em modificações no conjunto mecânico do papamóvel Mirai. O carro de produção está equipado com um motor elétrico de 152 cv, cujas baterias dispensam recarga externa e são alimentadas de energia por uma célula de combustível a hidrogênio, que garante uma autonomia de mais de 500 km ao modelo.

    Veja Também

      Mostrar mais