Peugeot 208 Like Pack
Divulgação
Peugeot 208 Like Pack


Lançado em setembro apenas em variações com o câmbio automático de seis marchas, o novo Peugeot 208 começa a ser oferecido no Brasil nas novas versões de entrada Like e Like Pack. Com preços que partem de R$ 65.990, combinam o motor 1.6 de até 118 cv das versões mais caras com um câmbio manual de cinco marchas.


De acordo com a Peugeot, o Peugeot 208 Like será oferecido para frotistas e empresas, enquanto a variação Like Pack (R$ 69.990) será a configuração manual voltada para o pessoa física. Externamente, as duas se diferenciam pelo pacote visual que inclui maçanetas e capa dos retrovisores na cor da carroceria na Like Pack.

Na comparação com o 208 Active, o mais acessível com o câmbio automático, o 208 Like Pack perde itens como as rodas de liga leve, trocadas por peças  de aço decoradas com calotas plásticas, e pela ausência das marcantes luzes diurnas de LED com formato de garra no para-choque.


Por outro lado, a lista de equipamentos é bem completa e inclui airbags laterais, controles eletrônicos de tração e estabilidade,assistente de partida em rampas, ar-condicionado digital, controlador automático de velocidade de cruzeiro, volante multifuncional, sistema multimídia comn tela de 7", alarme, travas e vidros elétricos nas quatro portas e volante multifuncional.

Agora importado da Argentina, onde é produzido na fábrica de El Palomar, o hatch é um dos modelos mais populares do país vizinho. De acordo com a Acara, associação que reúne os concessionários argentinos, o 208 fechou outubro na 9ª colocação do ranking de carros novos, com 1.162 unidades emplacadas.

Mas mesmo em sua nova geração, o  Peugeot 208  ainda não engrenou no mercado brasileiro. Fato que ajuda a explicar o lançamento dessas novas versões de entrada. Em outubro, foram emplacadas apenas 494 unidades do hatch. No mesmo período, o Volkswagen Polo, modelo que é seu concorrente direto, somou 3.455 unidades comercializadas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários