Dona do aplicativo de transporte "99" no Brasil, a empresa chinesa de caronas pagas Didi Chuxing anunciou na China o lançamento do D1, o primeiro modelo de automóvel desenvolvido para atender às demandas de motoristas de aplicativos e dos passageiros desse tipo de serviço.


O carro de app D1 é um monovolume compacto elétrico projetado e produzido pela montadora local BYD . De acordo com a Didi Chuxing , a criação do modelo levou em consideração a opinião de passageiros e motoristas, que buscavam um veículo mais seguro e confortável, mas ao mesmo tempo que se destacasse pelo baixo custo operacional.

Para isso, o modelo conta com um pacote tecnológico de segurança ativa que inclui frenagem autônoma de emergência, alerta de mudança involuntária de faixa e de risco de colisão com pedestres. O D1 é equipado ainda com  inteligência artificial para monitoramento e análise de voz e vídeo e um sistema de telemetria.

BYD D1
Divulgação
Modelo criado em parceria com a fabricante BYD começa a ser usado na China em dezembro


Outros destaques do modelo são a porta lateral traseira corrediça, de abertura remota, o sistema de entretenimento para os ocupantes do banco traseiro e a possibilidade de alterar, pelo celular, funções do veículo como a temperatura do ar-condicionado.

Para o motorista, além do volante multifuncional, o modelo traz um banco projetado para ser mais ergonômico e confortável no uso contínuo por longos períodos. A empresa não divulgou a ficha técnica do D1, se limitando a dizer que o veículo tem um consumo energético de 12,8 kWh/100 km.

O carro de app  da Dixi Chuxing começa a ser usado em dezembro deste ano, em um projeto piloto que será iniciado na cidade de Changsha (China). Após esse período, a expectativa é de que o uso do D1 seja estendido para outras cidades do país asiático ao longo de 2021.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários