Lançado na Europa em 1996, o Ford Ka causou polêmica ao chegar ao Brasil, no ano seguinte. Apesar do conjunto mecânico vindo do Fiesta , trazia uma carroceria compacta de apenas três portas que destoava de tudo o que víamos naquela época no mercado local. Desenhado pelo francês Claude Lobo, o subcompacto tinha sido feito para chocar, com linhas futuristas para que nunca precisasse ser reestilizado.


Embora essa “promessa” não tenha sido cumprida no Brasil, onde o Ford Ka ganhou uma traseira reestilizada em 2002, o hatch de primeira geração seguiu em linha na Europa com o mesmo desenho original até 2008. Foi neste ano que o Ka europeu ganhou uma 2ª geração, que nada tinha em comum com o Ka brassleiro de 2ª geração, revelado em 2007 e feito até 2014.

Atualmente em sua 3ª geração, o Ford Ka é produzido no Brasil, na fábrica de Camaçari (BA) e também na Índia. O país asiático chegou a exportar o hatch para a Europa e atualmente produz uma variação do Ka Sedan específica para atender à legislação local. Confira as versões do modelo que não temos no Brasil.

1 - Ka com teto solar

Ford Ka Sun Collection
Divulgação
Ford Ka Sun Collection: teto solar no subcompacto foi adotado apenas em mercados em que o carro pode ter aspecto mais sofisticado


Chamado de Capri na Alemanha e de Sun Collection no Reino Unido, o Ford Ka hatch foi oferecido por um curto período de tempo na Europa (2001 a 2002) com um teto solar de lona.

Diferente do carro brasileiro da mesma época, que utilizava uma variação 1.0 de 53 cv do motor Endura-E , o Ka europeu empregava a versão 1.3 do mesmo propulsor, que aqui no Brasil foi usada apenas no Fiesta. A partir de 2002, o Endura-E foi substituído no Ka da Europa pelo Zetec Rocam 1.3 e 1.6, que lá ficou conhecido como Duratec 8V.

2 - StreetKa

Ford StreetKa
Divulgação
Ford StreetKa esportivo é um belo roadster com uma série de itens exclusivos e desempenho bem animador


Em 2003, a Ford da Europa decidiu desenvolver novas variações para o Ka. Um dessas foi o conversível StreetKa . Partindo da base do hatch, o estúdio Pininfarina projetou e construiu uma carroceria exclusiva, com espaço apenas para dois passageiros e opção de capota rígida e de lona.

Mecanicamente, o StreetKa trazia bitola mais larga e uma nova suspensão traseira do tipo MacPherson, que era combinada a novas rodas de 16”. Apesar do visual ousado, o motor era o mesmo 1.6 Zetec Rocam de 95 cv usado no Ka XR brasileiro. O conversível foi produzido até 2005.

3 - SportKa

Ford SportKa
Divulgação
Ford SportKa segue o estilo e a parte mecânica do StreetKa, mas na configuração hatch, de duas portas


Se aqui no Brasil tivemos a versão XR, na Europa o esportivo era o SportKa. Diferente do conversível, o esportivo da linha preservava a mesma carroceria das versões menos potentes. O motor 1.6 Zetec Rocam  era combinado a um câmbio de relações curtas e uma suspensão com acerto mais firme.

No visual, além das rodas de 16”, o SportKa trazia um kit aerodinâmico exclusivo (inspirado no StreetKa) que se destacava pelo espaço no para-choque dianteiro para os grandes faróis de neblina.

4 - Ka de 2ª geração

Ford Ka (2ª geração para a Europa)
Divulgação
Ford Ka (2ª geração para a Europa) compartilhava a mesma base com o Fiat 500 e chegou a aparecer no filme "Quantum of Solace"


Em 2008, a Ford lançou a 2ª geração do Ka europeu. Diferente do carro lançado no Brasil em 2007, que vestia uma nova carroceria sobre a base antiga, o hatch da Europa era um modelo totalmente novo. Ou quase.

Desenvolvido em parceria com a Fiat, usava plataforma e conjunto mecânico vindos do hatch 500, sendo inclusive produzido na mesma fábrica de Tychy (Polônia) onde era feito o Fiat 500 para o mercado europeu.

5 - Ford Figo Aspire

Ford Aspire
Divulgação
Ford Aspire: pode parecer o Ka Sedan vendido no Brasil, mas tem a distância entre-eixos mais curta entre as diferenças


Desenvolvido pela engenharia brasileira da Ford sobre a plataforma do Fiesta de 6ª geração, o Ford Ka de 3ª geração é produzido também na fábrica da marca do oval em Sanand (Índia).

No país asiático, o Ford Ka  é vendido como Ford Figo. A variação mais curiosa é a  Aspire . Trata-se de um Ka Sedan encurtado em quase 30 cm, com o objetivo de ficar com menos de 4.00 m de comprimento e se beneficiar da legislação tributária que não penaliza os veículos compactos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários