VoloCity: táxi voador terá as primeiras viagens em Singapura, em um trajeto para turistas, que pagarão mais de R$ 1.850 cada
Divulgação
VoloCity: táxi voador terá as primeiras viagens em Singapura, em um trajeto para turistas, que pagarão mais de R$ 1.850 cada

O carro voador sempre foi um dos sonhos da humanidade que parecia ser impossível de ser realizado. Em pleno século 21, tudo indica que, do jeito que se imaginava, continuará sendo algo distante, mas isso não impede que aconteça de um jeito parecido. Um deles ficará por conta dos táxis voadores, que serão como drones.

Algumas empresas já resolveram investir nessa seara, como a eVTOL, com o objetivo de tornar a mobilidade urbana pelo ar uma das alternativas de transporte para ajudar a reduzir os congestionamentos e a poluição. E acaba de anunciar que, em 2023, vai começar a operar em Singapura com táxis voadores autônomos.

Os primeiros voos já foram autorizados pelo departamento de aviação civil, mas todos já foram vendidos. Serão sobrevoos turísticos que irão mostrar as belas paisagens de Singapura. Cada passageiro irá embarcar no VoloCity pagou US$ 364, o que equivale a cerca de R$ 1.850 numa conversão simples.

Começo de uma nova era

Mas todos terão pouco tempo de voo por causa da baixa autonomia do VoloCity, pelo menos por enquanto. A versão disponível do táxi voador ainda é bem compacta e básica. Vem com sistema com nove pequenas baterias e 18 motores. A fabricante diz que é possível andar 35 quilômetros com uma carga completa a uma velocidade média de 110 km/h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários