O Civic é o carro de maior sucesso da história da Honda , com uma produção total que já ultrapassou a marca de 24 milhões de unidades desde o seu lançamento, em 1972.


Um dos primeiros modelos da marca japonesa equipado com motores de mais de 1.000 cm³, o Honda Civic era inicialmente um hatch compacto, menor até do que o Volkswagen Polo de 1ª geração. Dez gerações depois, acabou ganhando tamanho e opções de carroceria, se encaixando atualmente entre os modelos médios.

No Brasil, o Civic chegou em 1992, pouco tempo depois da reabertura do mercado local aos importados. Vinha dos Estados Unidos em sua 5ª geração, nas carrocerias sedã, cupê e hatch. Confira abaixo algumas variações do modelo que nunca chegaram por aqui.

1 - Civic Ferio Vi-RS

Honda Civic Ferio Vi-RS: versão esportiva da primeira geração do modelo feita no Brasil vinha com motor de 130 cavalos no Japão
Divulgação
Honda Civic Ferio Vi-RS: versão esportiva da primeira geração do modelo feita no Brasil vinha com motor de 130 cavalos no Japão


O Honda Civic de 6ª geração foi o primeiro produzido no Brasil, em 1997. A fábrica de Sumaré (SP) produzia o modelo médio apenas na carroceria sedã, nas versões LX-B, LX e EX e os motores 1.6 16V com ou sem o comando variável VTEC.

No mercado japonês, essa mesma carroceria de quatro portas (chamada por lá de Civic Ferio ) era empregada na versão esportiva Vi-RS. Com um pacote visual diferenciado, com rodas de liga, grade frontal exclusiva saias laterais e um aerofólio, usava um motor 1.5 com comando VTEC de 130 cv. Potência maior do que a do Civic EX brasileiro da mesma época.

2 - Civic Si Hatch (6ª geração)

Honda Civic Si da sétima geração tinha motor 1.6 de 163 cv e não chegou a ser vendida no mercado brasileiro
Divulgação
Honda Civic Si da sétima geração tinha motor 1.6 de 163 cv e não chegou a ser vendida no mercado brasileiro


O Civic hatch de 6ª geração chegou a ser importado para o Brasil. Mas na 7ª geração o hatch acabou adotando um visual próprio, bem diferente do sedã da mesma época.

Você viu?

Projetada principalmente de olho no mercado europeu, onde iria disputar o mesmo público do Volkswagen Golf, esta variação do três portas do Civic Si do hatch era produzida na Inglaterra e usava um motor 1.6 de 163 cv.

3 - Civic Hybrid

Honda Civic Hybrid: nunca o Brasil teve uma versão híbrida do sedã, como a que foi lançada na oitava geração
Divulgação
Honda Civic Hybrid: nunca o Brasil teve uma versão híbrida do sedã, como a que foi lançada na oitava geração


Fora do mercado brasileiro, o Civic de 8ª geração (conhecido no mercado brasileiro como New Civic) contava também com uma variação híbrida.

O Civic Hybrid combinava um motor 1.3 a gasolina com um propulsor elétrico, para desenvolver 111 cv. Apesar de potência não ser o seu forte, podia rodar só no modo elétrico e podia obter médias de consumo de até 19 km/l.

4 - Civic Touring

Honda Civic Tourer: você sabia que o modelo da marca japonesa também teve versão perua? No Brasil, o carro nunca apareceu
Divulgação
Honda Civic Tourer: você sabia que o modelo da marca japonesa também teve versão perua? No Brasil, o carro nunca apareceu


De todas as carrocerias do Honda Civic, a única que nunca foi oferecida no Brasil foi a variação station wagon. Entre 2014 e 2017, a marca japonesa produziu na Inglaterra, para o mercado europeu, o Civic Tourer .

Parte da 9ª geração do modelo médio, o modelo tinha dimensões próximas do sedã, mas com um porta-malas com capacidade para até 624 litros. A perua Civic podia ser equipada com um motor 1.6 diesel ou 1.8 a gasolina, além de trazer tecnologias como a suspensão traseira com amortecedores adaptativos.

5 - Civic Type-R

Honda Civic Type R Limited Edition: versão chegou a ser prometida para o Brasil, mas o planos mudaram com a crise e a disparada do dólar
Divulgação
Honda Civic Type R Limited Edition: versão chegou a ser prometida para o Brasil, mas o planos mudaram com a crise e a disparada do dólar


Outra variação produzida na Inglaterra, o Type-R de 10ª geração é conhecido como o Civic mais potente de todos os tempos, trazendo um motor 2.0 de 320 cv.

Disponível apenas na carroceria hatch de cinco portas, o Honda Civic Type-R traz um conjunto mecânico todo acertado para condução esportiva, com câmbio manual de seis marchas e diferencial de deslizamento limitado. Acelera de 0 a 100 km/h em 5,7 segundos e atinge os 272 km/h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários