Conheça a história de Joan Ferci, que comprou os direitos da marca Lamborghini antes da Volkswagen
Divulgação
Conheça a história de Joan Ferci, que comprou os direitos da marca Lamborghini antes da Volkswagen

O intendente Gustavo Sastre da província argentina de Puerto Madryn, na região da Patagônia, teve uma reunião virtual com o empresário mexicano Jorge Antonio Fernández García, que prometeu criar uma nova sede de desenvolvimento da Lamborghini na região. O mais curioso é que não se trata da fabricante de supercarros controlada pelo Grupo Volkswagen.

Jorge Antonio Fernández García, mais conhecido como Joan Fercí, é fundador da Lamborghini Latinoamérica . Sua empresa não tem relação com a Lamborghini original, mas o empresário mexicano é detentor do nome na América Latina.

Tudo começou em 1996, quando Fercí comprou os direitos para utilizar a marca Lamborghini Latinoamérica da Chrysler . O contrato tem validade de 99 anos e será encerrado apenas em 2095.

Desde que a Lamborghini foi adquirida pelo Grupo Volkswagen em 1998, o empresário mexicano tenta tirar vantagem da marca. Fercí não pode revender os carros da fabricante italiana, mas já fez promessas de instalar a sede da Lamborghini Latinoamérica em diversas cidades do continente.

A Lamborghini Latinoamérica nunca contou com veículos de produção em seu portfólio. Apenas alguns protótipos foram feitos, como os modelos Coatl, Alar e Centurion. A Volkswagen está movendo ações judiciais contra o empresário mexicano na Itália, Estados Unidos e Argentina, mas as ameaças dos tribunais não assustam o audacioso Fercí.

Nova sede na Argentina

Um dos vários protótipos da Lamborghini Latinoamérica que nunca viram a luz do dia
Divulgação
Um dos vários protótipos da Lamborghini Latinoamérica que nunca viram a luz do dia

O intendente da província de Puerto Madryn comemorou a reunião com o dono da Lamborghini Latinoamérica nas redes sociais. “Durante o encontro, conhecemos com profundidade as áreas de atuação da marca. A Lamborghini Latinoamérica pretende se instalar em diversas zonas do país, incluindo áreas turísticas, para fins tecnológicos, educacionais, sociais e econômicos”, afirma Gustavo Sastre.

Em sua declaração, Sastre afirmou que Joan Fercí pretende construir um Centro de Desenvolvimento Tecnológico na região. Assim como no Brasil, a Lamborghini não está presente como marca na Argentina, ficando restrita à revenda de importadores licenciados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários