Confirmado para o Brasil, Fiat 500e é um dos 29 modelos elétricos do atual portfólio da Stellantis
Divulgação
Confirmado para o Brasil, Fiat 500e é um dos 29 modelos elétricos do atual portfólio da Stellantis


Resultado da fusão entre a FCA (Fiat Chrysler Automóveis) e a PSA (Peugeot Citroën), a Stellantis pretente fechar este ano com um portfólio de 39 modelos eletrificados. 


São 10 modelos a mais do que os oferecidos atualmente pelas 14 marcas da Stellantis , numa lista que além de Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën, inclui também Abarth, Alfa Romeo, Chrysler, Dodge, DS, Lancia, Maserati, Opel, RAM, SRT e Vauxhall. Até 2025, a Stellantis pretende que todos os seus modelos mundiais tenham pelo menos uma versão eletrificada.

O anúncio foi feito nesta terça-feira (19) pelo CEO da Stellantis, Carlos Tavares, numa coletiva de imprensa para marcar o início oficial das operações do novo grupo industrial, criado com o objetivo de garantir uma economia anual de 5 bilhões de euros e permitindo assim o incremento no desenvolvimento de novas tecnologias e soluções de mobilidade.

Você viu?

Peugeot 208 e-GT segue sem data confirmada para começar a ser vendido no Brasil, segundo a fabricante
Divulgação
Peugeot 208 e-GT segue sem data confirmada para começar a ser vendido no Brasil, segundo a fabricante


"A Stellantis possibilita a escala para diluir os custos em pesquisa e desenvolvimento e os custos operacionais sobre uma base de volume mais larga, possibilitando um ganho em competitividade por meio da economia em escala. O que ajuda a manter os veículos acessíveis e a nossa base de consumidores", destacou Tavares.

Sem planos imediatos para o fechamento de fábricas, a Stellantis conta atualmente com operações industriais em mais de 30 países e reúne um total de 400 mil empregados. No Brasil, além do complexo da PSA em Porto Real (RJ), a antiga FCA tem unidades produtivas em Betim (MG), Goiana (PE) e Campo Largo (PR).

Bem posicionada na América do Norte, Europa e América Latina, a nova empresa pretende agora expandir as suas operações em outros mercados, dentre os quais a China, África e a Índia, mercado no qual a Citroën fará a sua estreia com um novo SUV compacto, desenvolvido especificamente para o mercado local. Esse mesmo modelo será feita em Porto Real sobre uma variação simplificada da base modular CMP, onde irá substituir o atual C3.

No Brasil, a lista de futuros lançamentos da Stellantis segue essa tendência pela eletrificação e inclui nos próximos anos três novos modelos híbridos ou elétricos. Além do novo Fiat 500 elétrico, a já foi confirmada por aqui as vendas do Jeep Compass híbrido e do Peugeot 208 e-GT, versão elétrica do hatch que chegará da Europa, mas sem data para estrear no Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários