Último lote do Honda Civic Si importado do Canadá está esgotado nas concessionárias
Divulgação
Último lote do Honda Civic Si importado do Canadá está esgotado nas concessionárias

Após ter o fim de sua produção decretado em Alliston (Canadá), o Honda Civic Si deixa de ser vendido em todo o mundo, incluindo o Brasil. Consultada pela reportagem do iG Carros, a fabricante informou que último lote do cupê esportivo foi importado para o Brasil em julho de 2020. O sedã continua sendo vendido nas versões LX, Sport, EX, EXL e Touring, e aguarda lançamento em sua nova geração.

A reestilização do Honda Civic Si que estreou no ano passado recebeu novas molduras para os faróis de neblina com novo desenho com acabamento em preto brilhante e uma barra transversal que acompanha a cor da carroceria.

Outra novidade no Honda Civic Si na linha 2020 foi a adoção de novas rodas de liga leve de 18 polegadas, com desenho inédito e acabamento preto fosco, aliados aos pneus de 235 mm. Na traseira, o Si mantém a assinatura de design do modelo, com o elevado aerofólio e barra de LED horizontal, que acompanha toda extensão da traseira.

Você viu?

Seu motor 1.5 turbo desenvolve 208 cv e 26,5 kgfm de torque a 2.100 rpm, aliado ao câmbio manual de seis marchas com relações 6% mais curtas que a versão 2019. Além disso, o esportivo passou a ter intercooler frontal e turbo de maiores dimensões, bem como outros aprimoramentos mecânicos.

Nova geração

Rumores sugerem que o Honda Civic 2022 será importado, decretando o fim do modelo nacional
Divulgação
Rumores sugerem que o Honda Civic 2022 será importado, decretando o fim do modelo nacional

A Honda Automóveis do Brasil já começou a registrar componentes da próxima geração do Civic no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), sinalizando que o novo modelo está muito próximo de ser lançado por aqui.

Feito no Brasil desde 1997, o Civic pode ser mais um modelo a deixar a indústria nacional. Por ser um veículo de luxo, o sedã médio conta com diversos componentes importados que foram afetados pela alta do dólar. A queda nas vendas de sedãs médios no Brasil também pode colaborar para a decisão. 

Rumores sugerem que a Honda irá abandonar as versões mais simples do Civic para trazer apenas os modelos EXL e Touring. Dessa forma, o Civic voltaria ao catálogo de importados da Honda, ao lado de Accord e CR-V , que são feitos no Japão.

Pelos próximos anos, a produção nacional em Sumaré (SP) e Itirapina (SP) deverá se concentrar nas linhas HR-V , Fit e City , sendo que este último também terá uma nova versão hatchback inédita para disputar a maior fatia do mercado nacional. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários