Jeep Wrangler elétrico: ícone do off-road também vai entrar na era da eletrificação, com tração 4x4 e emissão zero
Reprodução/Jeep
Jeep Wrangler elétrico: ícone do off-road também vai entrar na era da eletrificação, com tração 4x4 e emissão zero


A eletrificação não está poupando nem as marcas mais firmemente instaladas no espírito do americano. Depois de investir nos Jeep Renegade e Compass 4xe para a Europa, agora foi a vez de a marca (agora parte do grupo Stellantis, formado pela fusão da FCA e PSA) revelar que trabalha em uma variação 100% elétrica do Wrangler, modelo que é um herdeiro direto do Willys MB da Segunda Guerra Mundial.


Esse Jeep Wrangler elétrico é citado no The Road Ahead, uma nova área criada no site americano da marca como parte da nova campanha de marketing da empresa, lançada no último domingo (7) com um comercial no Super Bowl LV, a final do campeonato de futebol americano.

Na página, o fabricante diz que planeja revelar o carro-conceito no final de março, durante a edição deste ano do evento Easter Jeep Safari, um encontro de fãs da marca que acontece em Moab, no estado americano de Utah.

Você viu?

Sem divulgar informações técnicas a respeito do Wrangler elétrico, a Jeep mostrou no site apenas um curto vídeo que revela como será feito o arranjo mecânico do modelo elétrico. Preservando o tradicional chassi de longarinas, o "e-Wrangler" terá baterias posicionadas sob o piso da cabine, entre as vigas do chassi.

No lugar de um sistema 4x4 com dois ou até três motores, como no Hummer EV , em que cada eixo conta com o seu conjunto motriz, a Jeep aparentemente deve optar por um único propulsor na dianteira, acoplado ao que aparentam ser um câmbio e caixa de transferência convencionais.

Jeep detalhou o arranjo mecânico do Wrangler elétrico, que terá força suficiente para manter a tradição em encarar trilhas
Divulgação
Jeep detalhou o arranjo mecânico do Wrangler elétrico, que terá força suficiente para manter a tradição em encarar trilhas


Vale destacar que nos Estados Unidos a Jeep já oferece uma versão híbrida plug-in do Wrangler , também chamada de 4xe . Mostrada no ano passado, combina um motor 2.0 turbo a gasolina e outro elétrico para desenvolver 380 cv e 65 kgfm. Com autonomia no modo elétrico de 40 km, o 4x4 híbrido segue com o apelo off-road, sendo capaz de trafegar com trechos alagados com até 76 cm de profundidade.

No Brasil, onde o Wrangler é oferecido na versão Rubicon e com motor 2.0 turbo de 272 cv, a eletrificação da Jeep irá começar pelos híbridos plug-in Renegade e Compass 4xe, que devem chegar ao Brasil em meados deste ano importados da Itália, onde são produzidos para o mercado europeu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários