Volkswagen Gol: veterano segue como o mais vendido nas locadoras e entre os 10 carros mais negociados do Brasil
Roberto Assunção
Volkswagen Gol: veterano segue como o mais vendido nas locadoras e entre os 10 carros mais negociados do Brasil


Apesar de estar distante da liderança no ranking geral do mercado brasileiro, o Volkswagen Gol ainda é o modelo favorito das locadoras de veículos. Segundo dados divulgados pela Abla (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis), o hatch somou 38.284 unidades emplacadas em 2020, superando o Chevrolet Onix, que era o líder desde 2016.


O dado de emplacamentos do Volkswagen Gol faz parte do Anuário Brasileiro do Setor de Locação de Veículos, lançado oficialmente pela Abla. De acordo com o presidente da entidade, Paulo Miguel Júnior, o resultado do hatch compacto da marca alemã está diretamente ligado à combinação de preço e disponibilidade do produto.

Você viu?

"A General Motors acabou optando por mudar para um modelo de negócio focado na rentabilidade, o que fez o valor do Onix subir muito para as locadoras. Por outro lado, a Volkswagen segue produzido bastante o Gol, que é um dos modelos atualmente com melhor prazo de entrega", destaca Miguel Júnior

As marcas Fiat e Jeep  são que mais forneceram carros para locação no ano passado, com uma participação de 31,56% no total de veículos comercializados, seguido pela Volkswagen (25,51%) e pela Chevrolet (14,83%). Em relação ao tipo de veículo, os hatches premium já são maioria em emplacamentos (23,83%), superando a participação dos compactos de entrada (23,17%).

Números do mercado

Idade média da frota das locadoras fechou 2020 em 19,6 meses, conforme dados da associação das locadoras
Divulgação
Idade média da frota das locadoras fechou 2020 em 19,6 meses, conforme dados da associação das locadoras


Mesmo com o impacto da covid-19 , o segmento ultrapassou pela primeira vez em 2020 a marca de um milhão de carros em frota. Mas a redução no rítmo de produção por parte das montadoras provocada pela pandemia fez as empresas de locação as atingirem a marca de 200 mil carros encomendados mas ainda não entregues pelos fabricantes.

A falta de carros novos para a renovação das frotas de locação teve impacto direto no aumento da idade média dos veículos, que fechou o ano passado em 19,6 meses. O pior resultado desde 2017.

"Em janeiro, as montadoras davam como perspectiva o primeiro trimestre para normalização das entregas. Mas com as novas paralizações, só no segundo semestre, talvez no último trimestre do ano, vamos conseguir normalizar a situação. Nós estimamos que 2021 ainda vai ser desafiador", comentou o presidente da Abla.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários