locadoras
Divulgação
Locadoras têm grande oferta de seminovos para vender, que podem ser interessantes para comprar seguindo alguns cuidados

Desde o início da pandemia do novo coronavírus tem caído bastante a procura por corridas por motoristas de aplicativos, o que acabou levando à devolução de 160 mil unidades das 200 mil que as locadoras reservam para esse segmento, de acordo com a Abla (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis).

LEIA MAIS: Locadoras registram alta de 13,4% no ano, com 49,6 milhões de diárias

Com isso, pelo menos parte desse montante será vendido, aumentando a oferta e baixando o preço dos veículos. Mas será que vale a pena comprar um carro de locadora ?

Conforme a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), no ano passado, 520 mil unidades do setor do locação foram vendidas no Brasil, atingindo o maior patamar ja registrado, com 45% total dos emplacamentos.

Em 2020, com a forte crise que afeta o setor automotivo, esses números deverão ser menores, mas a oferta será grande. Para quem estiver interessado em comprar um carro de locadora, com preços cerca de 5% abaixo da tabela, vale a pena seguir algumas dicas.

Cuidados ao levar carros de locadoras

locadoras
Divulgação
Locadoras também oferecem modelos mais caros, que tem menor procura para locação e podem ser encontrados com descontos maiores


A primeira é saber que é mais recomendável optar pelos modelos mais simples, como os hatches compactos Ford Ka , Hyundai HB20, Renault Sandero, VW Gol, Chevrolet Onix e outros, que são vendidos nas lojas das próprias locadoras. Na maioria das vezes, esse tipo de carro é mais novo e pode estar ainda com garantia de fábrica, com baixa quilometragem. Se o veículo foi voltado ao uso particular e não para frotas corporativas, torna-se mais interessante.

LEIA MAIS: Confira 5 modelos que não recomendamos para locação

Mas é preciso ficar atento a questões como a da documentação. É bom verificar se no documento do carro não constam restrições. As mais comuns que podem aparecer são as de chassi remarcado (RM) depois de recuperado de furto ou roubo, ou de alienado, no caso de tentarem vender o veículo ainda sem a quitação de financiamento, portanto, vale redobrar a atenção.

Mas você pode fazer um bom negócio ao comprar carro de locadora, sem restrições, com certificado de transferência com firma reconhecida e os comprovantes de pagamento de IPVA e DPVAT, além de um documento que isenta o comprador de pagar multas antes da data que ele saiu com o carro da loja.

Outra dica é que os modelos com menor procura têm os maiores descontos e estão menos rodados. Geralmente, são carro mais caros, alguns deles importados. Mas, sempre vale fazer uma boa vistoria e prestar atenção nas questões ligadas à documentação.

LEIA MAIS: Bolsonaro inclui aluguel de carros como atividade essencial

Também lembre-se que, entre os direitos do consumidor que compra um carro de locadora , destacam-se os seguintes: prazo de 90 dias a partir da data da compra para exigir troca do bem, cancelamento da compra, ou desconto, se o carro apresentar problemas.

    Veja Também

      Mostrar mais