Jeep Gladiator é a picape da marca americana baseada no Wrangler com disposição de sobra na tração 4x4
Divulgação
Jeep Gladiator é a picape da marca americana baseada no Wrangler com disposição de sobra na tração 4x4


Confirmado para o Brasil, mas ainda sem data para lançamento por aqui, o Jeep Gladiator se prepara para desembarcar na Argentina. A picape média derivada do 4x4 Wrangler e fabricada nos Estados Unidos já aparece no site da marca no país vizinho, inclusive com a descrição das versões e equipamentos.


O Jeep Gladiator será comercializado em duas configurações: a mais acessível será a Overland, com sistema de tração 4x4 Selec-Trac Active, rodas de liga leve de 18", painel com tela de 7", teto e portas desmontáveis, faróis de LED, assistente de subida e descida de rampa, controlador adaptativo de velocidade de cruzeiro, monitor de pontos cegos e tráfego cruzado, câmera traseira e dianteira como modo off-road e multimídia Uconnect com tela de 8,4" e som Alpine.

Já a topo de linha será a Rubicon. Além do visual mais "off-road", com rodas de 17" e o teto e detalhes de acabamento na cor preta, o Gladiator Rubicon traz o sistema de tração 4x4 Rock-Trac (presente no Wrangler vendido no Brasil e voltado para uso off-road mais extremo, contando com eixos Dana 44 e relação reduzida de 4:1).

Você viu?


A Jeep da Argentina não revelou em seu site o conjunto mecânico das duas versões do Gladiator para o país. Mas de acordo com o site local Argentina Autoblog , o modelo será oferecido com o motor 3.6 V6 a gasolina de 289 cv combinado ao câmbio automático de oito marchas.


Versão Willys e demora no Brasil

A Jeep Gladiator, picape utilitária baseada no Wrangler, deveria chegar ao Brasil no ano passado. A pandemia causada pelo novo coronavírus e a alta do dólar esfriaram os planos do lançamento, que ainda não tem previsão de acontecer no mercado brasileiro. Enquanto o modelo não chega, a Jeep chegou até a lançar uma nova vertente de grande apelo nos Estados Unidos , que relembra a marca Willys.

A nova versão da Gladiator ganha um nome que fez história no Brasil: Willys , subsidiária responsável pela produção de modelos emblemáticos como Jeep Willys, Aero Willys e Rural Willys em São Bernardo do Campo (SP). A marca existiu entre 1952 e 1967, quando foi incorporada pela marca Ford.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários