75% dos entrevistados têm a intenção de comprar ou trocar de carro ainda em 2021
Divulgação
75% dos entrevistados têm a intenção de comprar ou trocar de carro ainda em 2021

O Webmotors, um dos maiores marketplaces online para a venda de automóveis seminovos e usados , publicou um estudo de perfil de consumidor com base em 4,2 mil entrevistas. O site repercute que 74% dos participantes possui ao menos um carro atualmente. outros 26% utilizam formas alternativas de transporte para locomoção.

Entre os entrevistados que contam com ao menos um veículo, 75% têm a intenção de comprar ou trocar de carro ainda em 2021 . Mas quais são os impeditivos que atrapalham este processo? Este é o tema do iG Carros Podcast :

O Webmotors aponta que 58% dos entrevistados consideram os preços muito altos ; 29% reclamam das taxas de juros dos bancos ; 20% não conseguiram vender seus automóveis atuais para comprar modelos novos; 18% vivem momento de incerteza financeira , como desemprego; 15% apontam a indisponibilidade do modelo de interesse; 12% ressaltam valores elevados de financiamento ; 10% tem dificuldade de aprovação de crédito e 7% estão com receio de contrair a Covid-19.

Algumas medidas poderiam ajudar, segundo os entrevistados pelo Webmotors: 44% gostariam de bônus no carro atual, com 100% do pagamento da Tabela Fipe ; 40% gostariam de redução nas taxas de juros ; 32% pedem a redução de impostos como IPI e ICMS ; 31% gostariam de melhores condições de financiamento ; 14% querem pagar as primeiras parcelas apenas em 2022 ; 8% preferem comprar um automóvel 100% online .

A pesquisa também revela uma nova tendência: 86% dos entrevistados pretende comprar um veículo seminovo , enquanto os outros 14% apostaria em modelos zero quilômetro .

Os modelos por assinatura se tornaram alternativas para o público que não quer ter o compromisso de manter um automóvel. 64% dos entrevistados afirmam que não pretendem assinar um veículo; 29% afirmam que provavelmente assinariam; 7% dão a assinatura como certa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários