O DryCycle pode ser usado na Inglaterra sem pagar impostos e estacionamentos por ser considerada uma bike elétrica
Divulgação
O DryCycle pode ser usado na Inglaterra sem pagar impostos e estacionamentos por ser considerada uma bike elétrica

O DryCycle , desenvolvido na Inglaterra, é uma bicicleta elétrica com quatro rodas e com teto, ideal para transitar em dias de chuva ou protege-lo dos fortes ventos e do frio.

O primeiro protótipo do curioso veículo que foi mostrado ao público em 2019 é considerado  um “Ciclo de Pedal Eletricamente Assistido” (EAPC) e traz todas as vantagens de uma bicicleta elétrica  com algumas das funcionalidades de um carro.

O DryCycle é equipado com motor E8000 Shimano com 8,15 kgfm de torque e potência contínua de pico de 250W. O motor é alimentado por uma bateria dupla (504Wh cada, também Shimano) e uma bateria auxiliar 870Wh que alimenta a parte eletrônica: luzes e buzina, aquecedor e limpador de para-brisa, entre outros itens.

A autonomia combinada é de 80,4 km no nível mais alto de assistência ao pedal, com a opção de aumentar o alcance carregando baterias extras na área de carga atrás do assento.

Você viu?

O veículo que segue os regulamentos atuais do Reino Unido e da União Europeia, pode ser guiado com uma velocidade de até 25 km/h. Outra peculiaridade é o interruptor que permite que a bicicleta rode sozinha, sem pedalar, com velocidade de apenas 6 km/h.

Por ainda ser legalmente uma bile elétrica, a DryCycle não requer autorização ou licença para operar e o dono não precisa se preocupar com impostos, taxas de registro e estacionamento no Reino Unido.


Todo o veículo é feito de policarbonato, um material leve e durável, pesa apenas 120 kg . A carga útil total também é de 120 kg, o que significa que pode transportar o único passageiro e alguma carga nas costas, atrás do assento dobrável.

O DryCycle custa 14.995 libras esterlinas , algo em torno de salgados R$ 109.370 no mercado europeu. E aí, vai pedalar?

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários