Renault Duster na versão básica, durante o teste de colisão frontal do Latin NCAP, que recomenda um recall
Divulgação
Renault Duster na versão básica, durante o teste de colisão frontal do Latin NCAP, que recomenda um recall

O Renault Duster fabricado no Brasil passa por mais uma bateria de testes de acordo com padrões mais rígidos estabelecidos pelo Latin NCAP a partir de 021. Com isso, conforme os resultados obtidos, o SUV ficou com nota zero, mostrando 29,5% de proteção para ocupantes adultos, 22,9% para infantis e 50,8% para pedestres, o que é considerado razoável.

Ainda de acordo com o comunicado do Latin NCAP, o Renault Duster vendido na América Latina e Caribe não oferece airbags de proteção laterais como o disponível na Europa, com a marca Dacia . A entidade que faz as medições também diz que no impacto frontal o SUV mostrou estrutura instável e vazamento de combustível, sugerindo um recall.

Com os novos procedimentos, conforme a norma UN95, o carro mostrou a abertura de uma porta no teste de impacto lateral, o que, ainda de acordo com o Latin NCAP , oferece o risco de algum passageiro ser jogado para fora do carro em caso de acidente. A unidade testada veio com apenas dois airbags , exigidos por lei.

Vale lembrar que o mesmo Renault Duster recebeu quatro estrelas no quesito proteção para adultos e três para crianças em testes de colisão feitos em 2019, antes das mudanças nos critérios de avaliação do Latin NCAP. Além do SUV da Renault, o Ford Ka e o Hyundai HB20 também receberam nota zero com as mudanças nos critéros de avaliação.

Você viu?

Confira abaixo o posicionamento da Renault sobre o novo teste de colisão do Latin NCAP

O veículo Duster, que teve o seu teste divulgado em agosto de 2021, é exatamente o mesmo em termos de conteúdos de segurança ativa e passiva em relação ao veículo que obteve quatro estrelas na proteção para adultos e três estrelas na proteção para crianças, em teste realizado pela mesma instituição em 2019.

Em 2020, o Latin NCAP mudou os protocolos de testes e, por conta disso, os resultados são diferentes. É importante reforçar que o Renault Duster cumpre rigorosamente as regulamentações nos países em que é comercializado, superando-as em alguns quesitos.

O modelo traz diversos equipamentos de segurança como ESP, alerta de ponto cego, câmera Multiview, assistente de partida em rampa, entre outros, que não são obrigatórios por lei. A Renault considera que, assim como houve uma grande evolução na segurança veicular nos últimos anos, o tema seguirá evoluindo e a Renault continuará a oferecer produtos com alto nível de segurança.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários