Volkswagen Gol GTI
Divulgação
Volkswagen Gol GTI

Para superar a concorrência, um carro precisa ter muito mais do que um “rostinho bonito”. Até aí não é nenhuma novidade, mas há montadoras que saem na frente e lançam algo totalmente inédito, algo que ditou regra para a concorrência seguir e que deu certo no mercado e outras, todavia, que foi um verdadeiro fracasso.

Relembre algumas dessas ideias que saíram na frente dos concorrentes.

1 - Uno Turbo

Versão esportiva tinha Rubens Barrichello, que começava a fazer sucesso na Fórmula 1, como garoto-propaganda
Divulgação
Versão esportiva tinha Rubens Barrichello, que começava a fazer sucesso na Fórmula 1, como garoto-propaganda

O Fiat Uno Turbo saiu na frente, literalmente, com o motor (1.4) sobrealimentado. Dotado de turbina Garret T2 com 0,8 bar, rendia 118 cv e 17,5 mkgf, suficiente para levá-lo de 0 a 100 Km/h em 9,2 segundos, deixando VW Gol GTi , Ford Escort XR3 e Chevrolet Kadett GSi comendo poeira.

2 - Chevrolet Chevette

O Chevette  foi o primeiro compacto nacional a poder vir equipado com câmbio automático de fábrica
Renato Bellote/iG
O Chevette foi o primeiro compacto nacional a poder vir equipado com câmbio automático de fábrica

O que hoje é uma necessidade, nos anos 80, ter um carro automático era coisa só de americano. Foi assim em 1985, quando a Chevrolet ofertou o opcional para o Chevette (Hatch, Marajó e Chevy 500). Muito lento, com seus altos e baixos, além de apenas três marchas, acabou não engatando na preferência dos consumidores.

Leia Também

3 - VW Gol GTi

VW Gol GTI, esportivo inaugurou a leva de carros feitos no Brasil equipados com injeção eletrônica de combustível
Renato Bellote/iG
VW Gol GTI, esportivo inaugurou a leva de carros feitos no Brasil equipados com injeção eletrônica de combustível

Quando a esportividade era levada a sério nos nacionais, em fins de 1988, a VW saiu à frente com a injeção eletrônica no Gol (empregada só após três anos no Kadett). O GTi com um 2.0 de 120 e 18,4 kgfm fazia bonito e até hoje é muito desejado, sobretudo por colecionadores.

4 - Chevrolet Zafira

Chevrolet Zafira: minivan de 7 lugares tinha sistema prático de bancos que contribui com a versatilidade do modelo
Divulgação
Chevrolet Zafira: minivan de 7 lugares tinha sistema prático de bancos que contribui com a versatilidade do modelo

A Chevrolet Zafira , em 2001, foi fiel ao termo minivan, pois era a única no mercado brasileiro a oferecer capacidade para sete pessoas. Baseado na família Astra, o projeto assinado pela Porsche fez tanto sucesso no Brasil que nem mesmo a substituta Spin conseguiu superar.

5 - Miura Saga

Miura Saga foi um dos poucos modelos que
Reprodução
Miura Saga foi um dos poucos modelos que "falava" com seu dono já entre o fim dos anos 80 e início dos 90

Quem quisesse exclusividade nos anos 80 e 90, os fora-de-série como o Miura Saga iam além: portas com controle remoto, coluna de direção e bancos elétricos, freios ABS... A expressão “só faltava falar” nem caberia, pois até isso tinha; um sintetizador de voz com um total de sete alertas falados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários