C40 Recharge será a nova alternativa para alavancar as vendas da família 'C' da Volvo
Divulgação
C40 Recharge será a nova alternativa para alavancar as vendas da família 'C' da Volvo

A Volvo confirma o início da produção do C40 Recharge , seu novo crossover 100% elétrico baseado no XC40. O modelo está sendo produzido em Ghent (Bélgica) ao lado do irmão e está marcado para chegar ao Brasil em 2022.

Diferentemente do XC40, o C40 não é um SUV, mas sim um crossover. Isso explica o fato dele estar posicionado na família ‘C’, dos hatches, e não na família ‘XC’, dos SUVs. 

O Volvo C40 Recharge é fabricado sobre a plataforma modular CMA. Com 4,431 m de comprimento e 2,035 m de largura, o modelo tem medidas quase idênticas ao XC40. A única exceção é a altura da carroceria, que no crossover é de 1,582 m. Ou 7 cm mais baixo do que o SUV.

O porta-malas de 413 litros, tem a mesma capacidade do compartimento de bagagens do XC40 Recharge. Capacidade que é menor do que o disponível em um XC40 a combustão (460 litros). Mas essa perda é atenuada pelos 31 litros de espaço adicional sob o capô. Outros destaques no interior do C40 são o sistema multimídia desenvolvido em conjunto com a Google e que traz integrado aplicativos como o Maps e o Google Assistant.

O conjunto motriz é o mesmo oferecido pelo XC40 Recharge, composto por dois motores elétricos (um para cada eixo) que desenvolvem a potência combinada de 408 cv e 67,3 kgfm. Alimentado por uma bateria de 78 kWh, o SUV-cupê pode rodar até 420 km.

Autonomia que poderá ser extendida posteriormente por meio de atualizações do software do modelo. No uso normal, a Volvo destaca que é possível atingir até 80% de carga com apenas 40 minutos ligado em um carregador rápido de 150 kW. O C40 acelera de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos e chega a 180 km/h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários