Linha de montagem em Mirafiori
Divulgação
Linha de montagem em Mirafiori

A Stellantis quer que a icônica fábrica da Fiat em Turim (Itália) se transforme em um centro de desenvolvimento e produção de modelos híbridos e totalmente elétricos. Atualmente, o complexo de Mirafiori já produz o Fiat 500e – que foi lançado no Brasil em setembro.

O processo de eletrificação se dará da seguinte forma. Os modelos produzidos em Grugliasco (Ghibli e Quattroporte, da Maserati), serão alocados em Mirafiori, assim como os seus funcionários. Como Grugliasco é uma cidade da região metropolitana de Turim, os trabalhadores não serão afetados pela mudança. As informações são do site Auto News.

Sendo assim, a produção dos modelos da Maserati ficará totalmente concentrada em Mirafiori. A mudança marca o fim da produção de veículos em Grugliasco, que continuará fabricando componentes para os carros do grupo Stellantis. Um novo investimento está previsto para a fábrica de Mirafiori, com o objetivo de eletrificar todos os modelos.

As fábricas da Fiat na Itália têm sido um problema para o Grupo Stellantis. Em fevereiro, o chefe-executivo Carlos Tavares afirmou que os custos das fábricas da Fiat são quatro vezes maiores que os da Peugeot-Citroën na França e na Espanha, onde são produzidos modelos correspondentes.

O plano, segundo o executivo, é tornar a produção da Fiat mais enxuta e lucrativa na Itália. O complexo de Melfi, no sul da Itália, também deve receber um novo investimento para a fabricação de baterias para carros elétricos. Atualmente, o complexo produz os modelos Jeep Renegade, Jeep Compass e Fiat 500X.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários