Falta de modelos zero quilômetro nas lojas está causando desequilíbrio nos preços. GM foi uma das marcas mais afetadas
Divulgação
Falta de modelos zero quilômetro nas lojas está causando desequilíbrio nos preços. GM foi uma das marcas mais afetadas

Carros zero quilômetro fecharam o terceiro trimestre de 2021 com 5,31% de alta nos preços. No acumulado do ano, a variação que se deve à falta de microchips semicondutores na indústria nacional chega a 13%. Os dados são da KBB, empresa especializada na precificação de veículos novos e usados.

Em setembro, a média de variação dos preços dos carros zero quilômetro ficou em 0,54%, demonstrando tendência de alta na comparação com o final do primeiro semestre. Sendo assim, modelos 2022 já acumulam 13% de alta, enquanto modelos 2021 registram 5,77% de variação.

Variação acumulada de preços de veículos novos:

Ano/Modelo Julho Agosto Setembro Acumulado/3° trimestre Acumulado 2021
Total 0,35% 0,23% 0,54% 1,12% 5,40%
2022 1,78% 0,94% 2,59% 5,31% 12,9%
2021 0,13% 0,23% 0,31% 0,67% 5,77%

A tendência de elevação se repete no segmento de usados e seminovos . Modelos com até 3 anos de uso registram alta de 1,37%, em média, sendo que veículos de 2018 foram os que mais contribuíram para a elevação, com 2,69% de variação. 

Leia Também

Leia Também

Falta de microchips semicondutores

Entenda o impacto da falta de microchips semicondutores na indústria automotiva
Divulgação
Entenda o impacto da falta de microchips semicondutores na indústria automotiva

O ano de 2021 está sendo marcado por um d esequilíbrio entre oferta e demanda , tanto para veículos novos quanto usados. A falta de microchips semicondutores forçou a paralisação da fabricação de algumas montadoras, provocando um descompasso generalizado na oferta de automóveis nas concessionárias.

Se hoje os automóveis mais modernos contam com sistema de frenagem de emergência, condução semi-autônoma e câmera 360° para manobras, agradeça aos desenvolvedores e fornecedores de microchips semicondutores . A peça é tão pequena que cabe na ponta dos dedos, mas está causando um estrago ainda imensurável na indústria automotiva.

Um automóvel pode ter entre 200 e 400 microchips semicondutores, dependendo de sua categoria. Estima-se que a falta de microchips semicondutores deverá impactar na venda de 1,3 milhão de veículos no mundo apenas no primeiro trimestre de 2021.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários