VW ID.5: SUV com perfil de cupê tem apelo esportivo e pode acelerar de 0 a 100 km/h em 6,3 s na versão GTX
Divulgação
VW ID.5: SUV com perfil de cupê tem apelo esportivo e pode acelerar de 0 a 100 km/h em 6,3 s na versão GTX

A Volkswagen apresenta o novo SUV elétrico com apelo esportivo ID.5, que se diferencia pela silhueta que lembra a de um cupê. Além disso, o carro será oferecido em três versões: Pro, Pro Performance e GTX, todas com o mesmo pacote de baterias de 82 kWh no total.

Das três versões do novo VW ID.5 , apenas a GTX vem com tração integral. As demais vêm apenas com as rodas traseiras motrizes. E cada uma tem um nível de potência, que começa em 174 cv, passa por 204 cv e chega até 299 cv da topo de linha.

O desempenho também é diferente. No caso do VW ID.5 mais simples, a aceleração de 0 a 100 km/h pode ser feita em 10,4 segundos, tempo que cai para 8,4 na versão Pro Performance e fica em meros 6,3 segundos no mais potente GTX , que pode atingir 180 km/h, ante 160 km/h das outras duas versões.

Por causa do perfil mais baixo do ID.5 na comparação com o ID.4 , o coeficiente de arrasto aerodinâmico é um pouco melhor (Cx 0,26, ante 0.28), o que permitiu a VW a dispensar o limpador de para-brisa traseiro, assim como a Hyundai conseguiu fazer com o Ioniq 5 . Portanto, o ar flui com mais facilidade ao redor do ID.5.

Leia Também

Isso também ajuda o VW ID.5 a rodar 520 km até precisar ser recarregado, mais do que os 518 declarados pela fabricante, seguindo a norma WLTP. Com mais peso e potência, o GTX tem autonomia um pouco menor, de 480 km, ainda conforme as informações da marca alemã.

E apesar do perfil mais afilado, o VW ID.5 consegue ter um porta-malas ligeiramente maior que o ID.4 , chegando nos 549 litros, ante 543 l, o que mostra um belo trabalho do pessoal de engenharia. Mas, até na Europa o carro não deverá começar a ser vendido tão cedo, talvez pela falta de semicondutores que afeta da indústria automotiva no mundo todo.

Os preços do VW ID.5 deverão ficar em um patamar mais alto que do ID.4. Estima-se que a versão Pro ficará em cerca de 47 mil euros, ou em torno de R$ 305 mil numa conversão simples. Em média, o novo SUV com jeito de cupê ficará entre US$ 2 mil e US$ 3 mil a mais que o ID.4, ou aproximadamente R$ 10 mil a R$ 15 mil extras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários