Tesla Model X P100D: SUV que anda mais que supercarro e leva até sete pessoas dentro com conforto
Guilherme Menezes/ iG Carros
Tesla Model X P100D: SUV que anda mais que supercarro e leva até sete pessoas dentro com conforto

Ferrari F8 Tributo, Lamborghini Aventador S, McLaren 720 S, Pagani Huayra… sabe me dizer o que esses jatos sobre quatro rodas têm em comum? Se a resposta for que são fenomenais, está correto.

Mas se disser que nenhum deles acelera mais do que um SUV de família, com sete assentos individuais, a resposta é espantosa, mas também será correta. O que seria? É o Tesla Model X P100D , que aceleramos no autódromo do Haras Tuiuti (SP), com exclusividade.

São vários os pomtos curiosos sobre esse carro. Os pouquíssimos anunciados nos classificados podem ser encontrados por R$ 900 mil. Quanto custam aqueles puro-sangue que citamos acima? R$ 2 milhões… R$ 4 milhões… R$ 6 milhões… Será que esse SUV elétrico tem bom custo-benefício? Com absoluta certeza que sim.

Além disso, conta com o modo de condução semi-autônomo mais completo — e polêmico — do mundo. Vários casos de motoristas dormindo ao volante foram registrados. Um deles, inclusive, aqui no Brasil . Como se não bastasse, o carro traz uma série de “truques”.

Entre os quais, há configurações aplicadas aos assentos que simulam sons e um modo que inicia uma verdadeira performance artística do carro, que começa a tocar música alta, piscar as luzes e movimentar as portas. É ou não é de outro mundo mesmo?

As linhas do carro e os demais equipamentos seguem o mesmo padrão. Tem visual futurista , com cortes afilados e linhas suaves, jogo de luz e sombra na carroceria, entradas de ar (falsas) que conferem uma agressividade mais minimalista e portas do tipo asa de gaivota na traseira.

Por dentro, um visual digno de caça militar. Tem vidros bipartidos, pára brisa que encobre pelo menos ⅓ do teto, central multimídia de 17 polegadas , cluster multifuncional de 12,3 polegadas, assentos individuais com desenho semi-concha para todos os ocupantes, entre outros.

Vale lembrar que absolutamente tudo do carro é personalizável pela central multimídia. Luzes, suspensão, modos de condução , entre outros itens. Absolutamente tudo. Quando fui procurar algum defeito no carro, dentro da pouquíssima disponibilidade que tivemos para avaliá-lo, torci o nariz para o ultrapassado seletor das marchas , que é idêntico ao que equipava carros da Mercedes até meados de 2018. Mas apenas isso.

Pancada nas costas

Cheio de tecnologias e recursos lúdicos, o SUV elétrico tem seu lado agressivo na
Divulgação
Cheio de tecnologias e recursos lúdicos, o SUV elétrico tem seu lado agressivo na "manga"

Ao volante, você pode ser o que quiser. Graças à infinidade de possibilidades de configuração e de modos de condução, o carro pode ser alto ou baixo de altura de suspensão, dócil como o SUV familiar , arrojado e violento como o super-SUV, bem como lúdico e descolado, tal como a maioria dos felizardos que o procuram para poderem chamar de seu.

Como estávamos em uma pista fechada, “sentamos o pé” de uma vez para ver como é a sensação de 2,4 toneladas acelerando até 100 km/h em exatos 3 segundos. Graças aos seus dois motores que trabalham de maneira combinada, você obtém 680 cv e 98,6 kgfm enviados às quatro rodas, tanto ao sair parado, quanto ao chegar na sua velocidade final de 250 km/h (limitada eletronicamente).

Além da certeza de que, um dia, partiremos desta para uma melhor, outra certeza da vida, quando pisamos no acelerador do Tesla de uma vez, é a de que iremos “colar” no encosto. Isso independentemente da velocidade inicial. E não adianta querer tentar impedir.

Ao mesmo tempo, o Tesla Model X — SUV da fabricante com US$ 1 trilhão de valor de mercado — executa tudo de maneira previsível e controlada. Sua suspensão do tipo bolsas de ar se regulam conforme o jogo de carroceria, a demanda do acelerador e as condições de aderência do asfalto. E mesmo que faça curvas de forma tão veloz, permanece um carro confortável. Se você optar pela autonomia, pode rodar até 542 km antes da recarga completa.

Leia Também

Esse seria o futuro? Apesar de tudo indicar que sim, ainda não sabemos ao certo. Entretanto, de fato, o Tesla Model X P100D e os demais modelos da fabricante norte-americana serviram, servem e servirão de exemplo para tudo o que nós conhecemos da seara dos elétricos, da inteligência artificial e da mobilidade. Não me pergunte o que mais a Tesla poderá desenvolver, porque sou apenas alguém do Planeta Terra.

Leia Também

Ficha técnica: Tesla Model X P100D

Peso: 2441 kg

Motor: Dois motores elétricos que geram 680 cv e 98,6 kgfm (combinados)

Desempenho: 0-100 km/h em 3,1 segundos e máxima de 250 km/h (limitados eletronicamente)

Transmissão: Tração direta nas quatro rodas de apenas uma marcha mais a ré

Autonomia: 542 km

Comprimento: 5,04 m

Distância entre-eixos: 2,97 m

Largura: 2,27 m

Altura: 1,63 m

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários