VW ID.3 ao lado do carregador de alta voltagem da Shell, que vai ajudar a fabricante no setor de energia
Carlos Guimarães
VW ID.3 ao lado do carregador de alta voltagem da Shell, que vai ajudar a fabricante no setor de energia

A Volkswagen convida jornalistas e clientes para verem de perto e experimentar seus modelos elétricos ID.3 e ID.4. A reportagem de iG Carros esteve presente no evento no Jockey Club de São Paulo e deu uma volta em ambos os modelos que mostraram qualidades de sobra para entrarem na briga ainda incipiente com modelos de gênero no Brasil.

Com centro de gravidade mais baixo e por sua leveza, o hatch compacto VW ID.3 se mostrou um pouco mais ágil que o SUV VW ID.4 , mas os dois deixaram claro que como bons elétricos estão sempre prontos para retomar e acelerar com agilidade.

No caso da versão White, o VW ID.3 vem combateria de 58 quilowatts-hora e capacidade para percorrer 428 quilômetros . O modelo pode atingir 100 km/h em apenas 7,3 segundos, e tem velocidade máxima limitada a 160 km/h. Ainda não houve uma decisão sobre trazer ambos os modelos ou apenas um.

Caso venham trazer o ID.3 um dos seus principais concorrentes seria o Chevrolet Bolt , cuja nova geração que já era para estar nas ruas do Brasil, mas passou por um recall e por paralisação da fábrica nos EUA e vai chegar apenas no início de 2022.

novo Bolt tem preço sugerido de R$ 317 mil e autonomia declarada de 416 km. O carro ficou com aspecto futurista e aumentou um pouco de tamanho em relação à versão anterior, além de ter ganho equipamentos como multimídia atualizada , com tela de 10,2 polegadas, quase do mesmo tamanho da que vem no ID.3 (10 polegadas).

No caso do VW ID.4 , nosso rápido contato com o carro também foi o suficiente para verificar que o carro está adequado ao mercado brasileiro, no que se refere a itens como equipamentos, espaço e até ao acerto de suspensão, mesmo com as rodas de aro 21 e pneus de perfil baixo.

Um detalhe que chamou atenção ficou por conta das luzes de alerta do ponto cego , muito bem localizadas na parte interior do retrovisores, o que as tornam sempre visíveis em quaisquer condições de tempo.

Leia Também

Leia Também

Leia Também

A versão mostrada pela Volkswagen é a Yellow , a mais cara. Ela conta com bateria de 77 quilowatts-hora e capacidade para percorrer 522 quilômetros. Segundo a fabricante, o ID.4 pode atingir 100 km/h em 8,5 segundos, com velocidade máxima limitada a 160 km/h.

Parceria com a Shell

A Shell também vai ajudar no fornecimento de carregadores domésticos, além dos que vão estar nos postos de recarga
Divulgação
A Shell também vai ajudar no fornecimento de carregadores domésticos, além dos que vão estar nos postos de recarga

Por uma questão estratégica, a VW firma parceria com a Shell , que vai ajudar tanto na questão da recarga de elétricos quanto no desenvolvimento de biocombustível. Já existem planos de instalar 14 carregadores em São Paulo em alguns postos já existentes hoje em dia. Estarão disponíveis aparelhos de alta voltagem a partir do primeiro semestre de 2022.

A rede de carregadores será composta inicialmente no Estado de São Paulo, incluindo postos na capital e nas principais rodovias de acesso, com a intenção de se conectar a algumas das principais cidades do Brasil no futuro.

O acordo também considera a intenção de fornecimento de gás natural renovável dos parques de bioenergia da Raízen para substituir o uso do gás natural nas fábricas da Volkswagen no Brasil , a partir da utilização de resíduos da produção de açúcar e etanol trazendo uma redução em emissões se comparado com a alternativa fóssil.

O gás natural renovável reduz em mais de 80% as emissões de CO2. Também será feito o fornecimento de energia para a rede de concessionárias Volkswagen por meio das usinas de geração distribuída de energia renovável da Raízen.

A Shell também trabalha em uma versão aperfeiçoada do etanol disponível atualmente, com propriedades que o tornará ainda mais interessante quando o assunto é eficiência energética . Além disso, também será possível atingir níveis superiores aos atuais no que se refere à produtividade.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários