Vendas de carros usados contabilizam quase 15 milhões de unidades, o que deve acontecer até 2021 acabar
Divulgação
Vendas de carros usados contabilizam quase 15 milhões de unidades, o que deve acontecer até 2021 acabar

A F ederação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores – FENAUTO , entidade que representa o segmento de lojistas multimarcas de veículos seminovos e usados, divulgou o resultado da comercialização do setor no mês de novembro.

Segundo o estudo, o segmento registrou uma variação negativa de 0,3% em relação a outubro, com um total de 1.165.436 veículos comercializados, contra 1.168.479 no mês anterior.

O acumulado comercializado até o final de novembro ficou 23,9% superior ao mesmo período de 2020, chegando a 13.905.124 de veículos, ante 11.224.856 no ano passado. A previsão da entidade é que o ano feche com um total aproximado de 15 milhões de veículos seminovos e usados vendidos.

Para o presidente da FENAUTO, Ilídio dos Santos, o mês de novembro mostrou um resultado ligeiramente negativo que continua a refletir as incertezas em relação à saída da pandemia, taxa de juros, oferta de crédito mais seletivo, preocupação com o rigor fiscal, entre outros fatores.

"Em dezembro de 2019, antes da pandemia, registramos algo em torno de 14,5 milhões de vendas , e já estamos próximos de alcançar esse volume. Temos uma expectativa de superar esse total e chegarmos próximos a 15 milhões até o final do ano.”

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários