Mercado de veículos seminovos reage à crise e total nos nove meses deste ano já é 38,6% superior ao mesmo período de 2020
Thiago Ventura
Mercado de veículos seminovos reage à crise e total nos nove meses deste ano já é 38,6% superior ao mesmo período de 2020

Com a crise da falta dos semicondutores tendo como consequência as constantes paralizações que vem castigando o mercado de veículos zero-quilômetro, o setor de usados vem obtendo um crescimento constante. Pelo menos é isso o que mostra a FENAUTO, entidade que representa o setor de lojistas de veículos multimarcas por todo o Brasil.

Só como exemplo, o resultado acumulado nas vendas de carros usados, durante o mês de setembro, manteve-se positivo. O total nos nove meses deste ano já é 38,6% superior ao mesmo período de 2020, alcançando a marca de 11.571.209 veículos vendidos.

A entidade explica que apesar de alguns índices de confiança ainda não estarem plenamente ajustados positivamente, pode-se observar um comportamento diferenciado dos consumidores com relação ao setor de veículos usados.

Isso explica o comparativo com o mês de agosto de 2020, os números de setembro ficaram negativos em 6,9% , com um total de 1.340.277 de unidades comercializadas, contra 1.438.855 em agosto.

A FENAUTO atribuiu essa pequena queda ao feriado prolongado de 7 de setembro e às incertezas causadas pelas manifestações políticas programadas nesse período, já foram superadas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários