Chevrolet Tracker 2022 traz mudanças para posicionar o SUV em um patamar um pouco mais elevado
Divulgação
Chevrolet Tracker 2022 traz mudanças para posicionar o SUV em um patamar um pouco mais elevado

Sai de linha o Chevrolet Tracker com câmbio manual. Não é mais possível encontrar o modelo no configurador da marca. Desse modo, o Tracker 2022 automático de entrada tem preço tabelado de R$ 109.970, que é R$ 4.630 mais cara do que a versão equivalente de 2021. Logo acima vem a versão Tracker LT automática com preço de R$ 115.470.

O Chevrolet Tracker 2022 também mantém a versão LTZ por R$ 125.120, enquanto a Premier custa R$ 134.560 e a Premier com motor 1.2, topo de linha, custa R$ 143.920. Fora o câmbio manual, o conjunto mecânico da linha Tracker 2022 seguirá com o motor três cilindros 1.0 turbo de até 116 cv e 16,8 kgfm nas quatro primeiras versões, enquanto a variante mais cara Premier é a única a vir equipada com o motor 1.2 turbo de até 133 cv e 21,4 kgfm..

Vale lembrar que, assim como a Spin, a perda do câmbio manual muito provavelmente está relacionado às exigências do Pronconve L7, lei de emissões que entrará em vigor a partir de 1º de janeiro de 2022. Além disso, perderá o sistema Start Stop em todas as versões.

Apesar da perda desses dois equipamentos , passará a ter, de série, a central multimídia compatível com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, assim como a conexão 4G Wi-Fi, telemática Onstar e MyChevrolet App. A versão intermediária LT vai ganhar ainda um sistema de ajuste de espaço variável para o porta-malas, podendo mudar o nível do piso, enquanto a variante Premier será a única a contar com regulagem de altura dos faróis.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários