Peruas da Mercedes conquistaram seu espaço ao longo de décadas , mas já estão com os dias contados
Divulgação
Peruas da Mercedes conquistaram seu espaço ao longo de décadas , mas já estão com os dias contados

A Mercedes-Benz anuncia que vai deixar de produzir peruas até 2030. A informação apurada pelo site alemão  Automobilewoche revela como o segmento não tem mais a mesma representatividade que teve um dia, nem no exterior. O mercado europeu ainda é o mais cativo. A maior justificativa por trás do anúncio é o investimento intensificado no segmento dos elétricos.

A Mercedes iniciou as vendas de peruas depois de muitas fabricantes. Lançou a versão familiar o W123 (antecessor do classe E) apenas em 1977. Mas desde então, a robustez típica da marca aliada ao espaço interno de uma perua conquistou muitos fãs pelo mundo.

Mercedes Classe C Estate une os atributos da sedã, mas com mais espaço para a família
Divulgação
Mercedes Classe C Estate une os atributos da sedã, mas com mais espaço para a família

A nova geração do Classe C estreou em 2022 com uma perua. Entretanto, não veremos a sua continuidade para as gerações seguintes. O mesmo vale para a CLA Shooting Brake , que não será continuada na próxima geração, prevista para 2025.

A perua que será mais duradoura é também o carro chefe da linha familiar: a Classe E . O modelo deverá sobreviver até 2030, quando chegará uma nova geração sem a perua. Uma pena vermos, inclusive, a versão AMG de 612 cv se despedindo dos mais entusiastas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários