Subaru Forester: retoques visuais e sistema híbrido leve que deixou o carro 11% mais econômico, diz a marca
Divulgação
Subaru Forester: retoques visuais e sistema híbrido leve que deixou o carro 11% mais econômico, diz a marca

A CAOA anuncia a chegada dos modelos Forester e XV com sistema híbrido leve. Ambos passam a contar com sistema e-BOXER, que combina as ações do motor BOXER, a tração 4x4 Symmetrical AWD e a assistência de um motor elétrico introduzido ao sistema de transmissão.

Ambos os modelos da Subaru também contam com o sistema de condução inteligente SI-Drive, que foi customizado para o e-BOXER, para melhor aproveitar os benefícios do motor elétrico.

No Modo S, o motor elétrico é ativado mais cedo durante a aceleração enquanto as rotações do motor mais altas para uma melhor resposta de aceleração, tornando a direção em estradas sinuosas mais conveniente e agradável. Ainda no Modo S , os níveis da relação do motor elétrico são exibidos no visor multifuncional para que o motorista possa visualizar seu funcionamento.

Subaru Forester mantém a tração integral com motor boxer, configuração exclusiva do modelo da marca japonesa
Divulgação
Subaru Forester mantém a tração integral com motor boxer, configuração exclusiva do modelo da marca japonesa

Utilizado nos dois modelos, o motor elétrico resulta em maior desempenho de potência do que os números do motor à combustão isoladamente e melhora também nos índices de eficiência energética. O motor elétrico é relativamente pequeno e leve, o que o torna mais econômico em termos de consumo de combustível. Este motor elétrico utilizado no e-BOXER gera uma potência máxima de 12,3 kW e torque de 0,7 kgfm.

O motor elétrico acoplado na caixa de transmissão ajudou a implementar a tecnologia e-BOXER, sem ter que mudar o layout estrutural básico do trem de força Symmetrical AWD. Este motor permite dirigir em modo EV em baixas velocidades e fornece tração em velocidades médias, ajudando a melhorar a eficiência de combustível, permanecendo um veículo divertido de dirigir.

Leia Também

Segundo a fabricante, a utilização do sistema e-BOXER garantiu ganhos expressivos para o Subaru XV. Entre os dados informados ao INMETRO, por exemplo, a nova versão e-BOXER atingiu uma melhora de 19% no consumo urbano, o que irá garantir uma grande mudança em sua classificação, passando de D para A, em sua categoria.

Subaru XV: crossover também passa a ter sistema híbrido leve com 19% a mais de eficiência
Duvulgação
Subaru XV: crossover também passa a ter sistema híbrido leve com 19% a mais de eficiência

No caso do Subaru Forester , o modelo recebeu mudanças em sua dianteira e passou a contar com faróis redesenhados com um estilo mais agudo. O para-choque dianteiro ganhou uma pequena área em relevo, abaixo do farol, garantindo um ar mais esportivo e jovial ao design fronta l, além de salientar o desenho da moldura que contempla os faróis de neblina. Outra mudança fica por conta da nova grade com o reposicionamento do tradicional logo das seis estrelas.

O motor 2.0 boxer gera 150 cv e 20 kgfm de torque. Teve uma uma melhora de 11% no consumo urbano, garantindo sua classificação na categoria como A. Além disso, passa a ter grade frontal ativa, que ajuda a atingir a temperatura ideal do motor com mais rapidez e também contribuiu com a economia de combustível, já que leva em consideração a velocidade do carro como parâmetro de funcionamento.

Outra importante mudança no Forester é a quarta geração do EyeSight, sistema que utiliza câmeras estéreo com um campo de visão significativamente maior, além de um novo software de reconhecimento de imagem. O desempenho da assistência à frenagem também evoluiu, e os dados internos que fornecem suporte para evitar colisões foram ampliados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários