Sistema de freios regenerativos do Volkswagen ID.4
Volkswagen
Sistema de freios regenerativos do Volkswagen ID.4

Ao avaliar qual carro comprar, um fator decisivo para muitos consumidores pode ser o consumo urbano ou em rodovias. Normalmente, espera-se que o consumo dos carros na estrada seja bem melhor do que na cidade, já que nas rodovias o uso do acelerador é muito menor, e a velocidade estável.

No caso dos veículos equipados com motores elétricos (híbridos ou 100% elétricos), isso não acontece, e pode causar muito espanto ao leitor da ficha técnica ou consumidor mais desatento. Mas por que o consumo na cidade é menor do que na estrada?

Isso acontece por conta da frenagem regenerativa. Carros híbridos e elétricos são equipados com freios regenerativos , que recuperam a energia cinética que faz o carro se mover, e as devolve para as baterias.

Além disso, todo motor elétrico também pode funcionar como um gerador. Cada vez que o condutor retira o pé do acelerador, diversos sensores entendem o comando e enviam à central do veículo a ordem para acionar os freios regenerativos.

Leia Também

Por exemplo, dirigindo pela cidade o motorista vê um cruzamento e os carros começam a frear adiante, ao tirar o pé do acelerador, o carro começará a reduzir velocidade, e essa energia retornará para as baterias, aumentando a quantidade de carga.

Na estrada, esses momentos de alívio de acelerador são raros. A necessidade de manter uma aceleração constante para manter velocidade, só retira energia das baterias e as envia para as rodas. Os freios do veículo elétrico pouco serão utilizados. O anda e para do trânsito das cidades são benéficos para os veículos elétricos , e também para os híbridos.

Mas o cuidado na manutenção é ainda mais importante. De acordo com a fabricante de componentes de freios Fras-le, a manutenção dos sistemas de frenagem dos veículos elétricos demanda muita atenção também ao motor do veículo e aos sistemas eletrônicos, já que são eles que controlam a operação regenerativa. Além disso, o disco de freio e partes hidráulicas do sistema também devem ser inspecionadas com atenção, quando pouco utilizados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários