Houve redução de 33,2% nas vendas de importados entre abril de 2022 e o mesmo mês do ano passado
Reprodução
Houve redução de 33,2% nas vendas de importados entre abril de 2022 e o mesmo mês do ano passado

As onze marcas filiadas à Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores), contabilizaram 5.033 unidades licenciadas em abril - 1.500 importadas e 3.533 veículos de produção nacional -, um aumento de 2,5% ante março de 2022 (4.911 unidades). 


Na importação, as 1.500 unidades vendidas significaram alta de 3,3% ante as 1.452 unidades de março de 2022 e redução de 33,2% ante abril de 2021; enquanto na produção nacional – com 3.533 unidades – o aumento de vendas foi de 2,1% ante as 3.459 unidades do mês anterior e redução de 2,1% em relação a abril de 2021.

Com esse desempenho de abril, as marcas fecharam o primeiro quadrimestre com total de 19.304 unidades licenciadas, 7,7% inferior às vendas dos quatro primeiros meses do ano passado.

Ao separar os números de importados e unidades de produção nacional , no entanto, a disparidade ainda é marcante. Enquanto os importados amargaram baixa de 34,6% (5.405 unidades este ano x 8.264 veículos em 2021), a produção nacional apresentou desempenho positivo de 9,9% (13.899 x 12.649 unidades).


Participações

Volvo se mantém na liderança nas vendas de carros importados hoje em dia no Brasil
Divulgação
Volvo se mantém na liderança nas vendas de carros importados hoje em dia no Brasil


Em abril último, com 5.033 unidades licenciadas (importados + produção nacional), a participação das marcas foi de 3,7% do mercado total de autos e comerciais leves ( 136.338 unidades ).

Se consideradas somente os 1.500 importados, as associadas à entidade responderam por apenas 1,1% do mercado interno brasileiro, enquanto as unidades nacionais, com 3.533 carros, significaram participação de 2,6% .

De janeiro a abril a Volvo ficou em primeiro lugar entre as marcas importadas, com 1,6 mil vendas, seguida de perto pela Kia , com 1,5 mil. Em terceiro lugar ficou a Porsche , com 1 mil unidades.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários