Veja os detalhes que estão por trás do caos generalizado da economia da Argentina
Divulgação
Veja os detalhes que estão por trás do caos generalizado da economia da Argentina

Com a crise econômica na Argentina, os concessionários estão optando por interromper as vendas dos carros. A defasagem da moeda local e a inflação adquiriram tamanha dimensão, que os carros novos passaram a ser uma proteção de valor. Logo, para muitos, não compensam ser vendidos neste momento.

A Acara (Associação de Concessionários Automotivos da República Argentina) previu um cenário de 400.000 unidades comercializadas ao longo de 2022. As informações circulam pela mídia da Argentina .

O congressista José Luis Espert comentou: "Os consumidores argentinos estão sem dinheiro porque estão pagando pelos carros mais caros do mundo ". Ou seja, nem adianta muito para os comerciantes subirem os preços dos carros, uma vez que não haverá comprador.

O mercado automotivo da Argentina também está enfrentando novas restrições impostas pelo Banco Central, que sobretaxam transações feitas em moedas que não o Peso Argentino. Esse caos, inclusive, levou a empresa de autopeças Yazaki a anunciar calote aos fornecedores. A Agrale, que fabrica caminhões e ônibus, informou a seus fornecedores que suspenderá a produção na Argentina até o final do ano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários