O SUV  Mustang Mach-E do lançamento é o exclusivo modelo “First Edition” de produção limitada
Divulgação
O SUV Mustang Mach-E do lançamento é o exclusivo modelo “First Edition” de produção limitada

A aliança VW e Ford tem um planejamento estratégico no ramo de picapes - trata-se do Projeto Ciclone, para a fusão dos modelos Ranger (da Ford) e Amarok (da Volks). Agora elas estão evoluindo para uma aliança ainda mais ampla que inclui tecnologia para carros elétricos. A montadora americana está trabalhando em um SUV mais acessível, totalmente elétrico, desenvolvido sobre a famosa plataforma MEB da fabricante alemã.

LEIA MAIS: VW já produz elétrico I.D3, mas pandemia atrasa chegada às lojas

Stuart Rowley, presidente da Ford Europa, afirmou: “Ainda estamos estabelecendo a aliança VW e Ford , e haverá pelo menos um, provavelmente dois veículos de passageiros construídos na plataforma MEB com nossa marca. Eles terão um preço mais baixo do que o Mustang Mach-E”.

Segundo a Ford, o Mustang Mach-E , assim como a picape F-150 Electric, são os principais programas de veículos elétricos da montadora, visando principalmente o mercado americano, onde são muito desejados. Globalmente, em especial na Europa, a empresa deve adotar também outra abordagem a partir da plataforma MEB da Volkswagen.

Plataforma MEB, que dará origem aos lançamentos da Volkswagen e da aliança com a Ford
Divulgação
Plataforma MEB, que dará origem aos lançamentos da Volkswagen e da aliança com a Ford

Segundo a revista alemã Auto Bild, esse primeiro, o Ford E-SUV , será um utilitário do tipo crossover com aparência similar ao Mach-E. Virá em duas versões: uma mais básica com um motor elétrico de 150 cv e uma bateria de 45 kWh; e um modelo de topo com 204 cv e bateria de 77 kWh. Eles poderão chegar perto de 320 km de autonomia e custar em torno de US$ 30.000.

Você viu?

LEIA MAIS: VW e Ford desistem de produzir a nova picape em conjunto, na Argentina

A plataforma MEB da Volkswagen foi desenvolvida exclusivamente para carros elétricos. Com esse chassi exclusivo, a VW e suas associadas projetam a venda anual de 100 mil carros elétricos, dos quais 50 mil do primeiro modelo, o ID.3, que será lançado no final do ano. “Vamos tornar os veículos elétricos populares e entusiasmar o máximo possível de pessoas a se apaixonarem pelos carros EV”, diz a VW, estendendo esse compromisso com a marca Ford.

Projeto Ciclone

Nova VW Amarok ainda está na fase dos esboços, que levará dará início ao desenvolvimento do conceito que terá componentes do Ford Ranger
Divulgação
Nova VW Amarok ainda está na fase dos esboços, que levará dará início ao desenvolvimento do conceito que terá componentes do Ford Ranger

VW e Ford tem um histórico de experiências conjuntas. No Brasil e Argentina, por exemplo, foi criada a Autolatina nos anos 1980/1990. Atualmente, as empresas planejavam produzir as novas gerações de Ranger e Amarok na fábrica da Ford Argentina. No momento as atividades do Projeto Ciclone, como foi batizado, estão paradas devido à crise no mercado automotivo, agravada pela pandemia do novo coronavírus.

LEIA MAIS: Devido ao coronavírus, Ford Mustang Mach-E é desenvolvido à distância

Ainda assim, a parceria segue firme. “Estamos trabalhando em nossos planos para a ambiciosa e global aliança VW e Ford por meio de veículos elétricos e autônomos, vans comerciais e picapes de tamanho médio”, reafirmam as empresas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários