A Jeep revelou o Wrangler Magneto Concept , antecipando como será o modelo elétrico do lendário utilitário. Atualmente, a marca é parte da Stellantis , a nova empresa criada a partir da fusão da FCA com a PSA,  grupo empenhado em uma transformação de sua linha para veículos eletrificados, acompanhando a tendência europeia.

O Jeep Wrangler Magneto Concept elétrico é veículo 4x4 com um trem de força manual exclusivo
Divulgação
O Jeep Wrangler Magneto Concept elétrico é veículo 4x4 com um trem de força manual exclusivo

O Wrangler Magneto foi apresentado na última semana primeiramente como um veículo-conceito puro BEV, ou seja, totalmente elétrico. Não foi confirmada a data de lançamento, mas o projeto está adiantado o que pode estar previsto para 2022.

O desafio é produzir um autêntico 4x4 EV e manter a tradição desse jipe off-road.  De acordo com a montadora, o Jeep Wrangler Magneto é “um veículo furtivo, silencioso, rápido com uma força de escalada inconfundível”.

A empresa diz que o Magneto faz de 0 a 100 km/h  em 6,8 segundos e entrega 273 lb./ft. de torque. A estimativa de alcance é de 320 quilômetros, resultado razoável para um veículo todo-terreno.

A montadora confirmou que o motor elétrico é alimentado por quatro baterias com uma capacidade energética de 70 kW / h, operando em um sistema de 800 volts.  O Magneto tem uma potência combinada de 280 cv.

O Magneto Concept, construído inicialmente na base do modelo Rubicon, terá potência de 280 cv
Divulgação
O Magneto Concept, construído inicialmente na base do modelo Rubicon, terá potência de 280 cv

As baterias são de íon-lítio com 12 volts cada e são distribuídas ao redor do veículo para equilibrar o peso nas quatro  rodas.  Uma das baterias vai alimentar os sistemas do rádio, iluminação e da e-infocomunicação. Uma segunda servirá como unidade de alimentação auxiliar para acessórios.

Você viu?

Dispõe de um inversor, derivado de carros de corrida, que converte a energia DC (corrente contínua) em AC de (corrente alternada). Esse recurso permite, por exemplo, alimentar a energia no uso de camping ou em operação de guincho.

O modelo elétrico terá quatro baterias de íon-lítio, uma delas exclusiva para operar acessórios como guincho
Divulgação
O modelo elétrico terá quatro baterias de íon-lítio, uma delas exclusiva para operar acessórios como guincho

O e-motor do Wrangler Magneto é conectado a uma transmissão manual de seis velocidades. Ou seja, terá um trem de força manual-elétrico exclusivo. Opera com uma embreagem que funciona como se fosse um motor de combustão interna, permitindo  trocas rápidas em diferentes rotações do motor.

Montagens exclusivas são utilizadas para proteção nas condições de direção severa em pistas deslizantes ou em terrenos acidentados. As baterias, o seu módulo de controle e a caixa de interface do veículo estão instaladas  em gabinetes à prova d'água para manter a capacidade de travessia em áreas alagadas de até 73 cm.

A montagem prevê itens exclusivos para proteção do veículo em condições severas
Divulgação
A montagem prevê itens exclusivos para proteção do veículo em condições severas

Por enquanto, o Magneto Concept é construído na base do Wrangler Rubicon 2020 de duas portas com um eixo modificado para receber um motor elétrico. Espera-se que a versão final possa ter uma plataforma exclusiva dedicada a veículos elétricos.

Jeep afirma que sua engenharia “está criando um veículo de emissão zero com capacidade 4×4 que fornece novos níveis de eficiência, responsabilidade ambiental e desempenho dentro e fora da estrada”.

Realmente, é mais uma interessante proposta de veículo que mostra o caminho atual  da indústria automotiva. No caso do famoso Wrangler, como elétrico, terá que agradar os fãs de quatro gerações desse utilitário esportivo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários